Guia Gessulli
24-Out-2018 13:44 - Atualizado em 25/10/2018 08:56
Bioenergia

Usina solar de R$ 1,4 bi começa a ser construída em São Gonçalo do Gurguéia (PI)

Quando estiver em plena operação, a planta será capaz de gerar mais de 1.200 GWh por ano, e evitará a emissão de mais de 600 mil toneladas de CO² na atmosfera.

A empresa Enel Green Power Brasil Participações Ltda., subsidiária brasileira de energia renovável do Grupo Enel, anunciou nesta segunda-feira (22) o início da construção da usina fotovoltaica, denominada "São Gonçalo", que terá capacidade de 475 MW. O investimento será de  US$ 390 milhões na construção do novo parque solar, equivalente a R$ 1,4 bilhão.

“O início da construção desta planta fotovoltaica fortalece a nossa liderança no setor brasileiro de energias renováveis e confirma mais uma vez a importância que damos ao desenvolvimento da energia solar no país”, afirma Antonio Cammisecra, responsável da Enel Green Power, linha global de negócios de energias renováveis do Grupo Enel.

“São Gonçalo vai contribuir para a diversificação e a resiliência da matriz energética do país, respaldando um ciclo econômico virtuoso por meio do fornecimento de energia sustentável no longo prazo”, acrescenta Antonio Cammisecra.

O prefeito da cidade, Paulo Lustosa Nogueira, comemora o início das obras e espera que a instalação do empreendimento no município contribua para o desenvolvimento de toda a região. "Já estivemos por duas vezes no local da instalação da usina e podemos garantir que está tudo certo para o início das obras. A nossa maior esperança é que a mão-de-obra necessária para a construção do empreendimento seja recrutada aqui mesmo no município, garantindo a injeção de recursos para uma região tão carente do estado. Tanto a Enel Green Power quanto as empresas parceiras do empreendimento são muito bem vindas e nós estamos felizes em fazer parte de uma nova era, com o fornecimento de energia limpa para o nosso país", comentou.

Quando estiver em plena operação, a planta será capaz de gerar mais de 1.200 GWh por ano, e evitará a emissão de mais de 600 mil toneladas de CO² na atmosfera.

Da capacidade instalada total de 475 MW, 388 MW foram conquistados pelo Grupo Enel no leilão brasileiro A-4, em dezembro de 2017, e estão apoiados por contratos de fornecimento de energia de 20 anos para um pool de distribuidoras que operam no mercado regulado. Enquanto a capacidade restante, de 87 MW, será destinada ao mercado livre de energia.

No Brasil, o Grupo Enel, por meio de suas subsidiárias Enel Green Power Brasil e Enel Brasil, possui uma capacidade instalada total oriunda de fontes renováveis que supera os 2,9 GW, dos quais 842 MW de energia eólica, 820 MW de energia solar fotovoltaica e 1.269 MW de energia hídrica. Além disso, a empresa tem mais de 1 GW em execução no Brasil, conquistados nos leilões de 2017.

A Enel Green Power, linha de negócios de Energia Renovável do Grupo Enel, dedica-se ao desenvolvimento e operação de energias renováveis em todo o mundo, com presença na Europa, Américas, Ásia, África e Oceania. A empresa é líder global no setor de energia verde com uma capacidade gerenciada de cerca de 43 GW em um mix de geração que inclui eólica, solar, geotérmica e hidrelétrica, e está na vanguarda da integração de tecnologias inovadoras em usinas renováveis.

Redação
Deixe seu Recado