AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Biocombustível

United Airlines realiza primeiro voo comercial movido a biocombustível

Portal Fator
21-Nov-2011 08:46 - Atualizado em 20/04/2016 14:42

A United Continental Holdings, Inc. (NYSE: UAL) anunciou no dia 11 de novembro (sexta-feira), que a sua subsidiária Continental Airlines colocou em operação no início da semana o primeiro voo comercial dos Estados Unidos movido a biocombustível avançado. O voo 1403, um Boeing 737-800, partiu na segunda-feira do Aeroporto Intercontinental George Bush, em Houston, às 10h30 em direção ao Aeroporto Internacional O'Hare, em Chicago, tornando a United a primeira companhia aérea a transportar passageiros utilizando uma mistura de biocombustíveis sustentáveis e avançados; e combustível tradicional derivado do petróleo.

"A United deu um passo significativo no sentido de promover a utilização de combustíveis alternativos, ambientalmente responsáveis e econômicos," disse Pete McDonald, vice-presidente executivo e diretor de operações da United. "Biocombustíveis sustentáveis, produzidos em larga escala a preços que são economicamente viáveis, podem um dia desempenhar um papel importante na realização de todos os voos de uma companhia aérea".

O voo pioneiro demonstra o compromisso da United com biocombustíveis sustentáveis e em fortalecer a segurança energética, promover a disponibilidade de uma ampla variedade de combustíveis e reduzir as emissões de gases de efeito estufa produzidas ao longo do ciclo de vida dos combustíveis (quando comparados aos combustíveis fósseis tradicionais).

"Hoje, quase quatro meses após o combustível hidro-processado renovável ter sido aprovado para uso na aviação comercial, estamos muito empolgados com a utilização destes combustíveis nos voos domésticos nos E.U.A.", disse John Heimlich, vice-presidente e economista- chefe da Air Transport Association of América (ATA). "As companhias aéreas que pertencem à ATA continuam liderando a promoção de novas fontes de energia ambientalmente responsáveis para o transporte de pessoas e mercadorias em todo o mundo", complementou.

Aeronave movida pelo primeiro combustível derivado 100% de Algas do mundo - A empresa Solazyme, através da tecnologia de processamento UOP da Honeywell, desenvolveu o óleo de algas que depois foi refinado para se tornar o combustível de jato que abasteceu o voo comercial. A Solazyme produziu o primeiro combustível de jato derivado 100% de algas no mundo para aplicações comerciais e militares.

A United também anunciou que assinou uma carta de intenções com a Solazyme para negociar a compra de 20 milhões de galões de combustível de jato por ano, derivados exclusivamente do óleo de algas, com recebimento previsto para 2014. A Solazyme, empresa com sede em São Francisco nos E.U.A., produziu o óleo de algas utilizado no voo através de um processo de fermentação próprio. O produto final foi refinado próximo a Houston através da tecnologia de processamento de combustíveis renováveis UOP, da Honeywell.

"Quando olhamos para a United, uma empresa que entende que para alcançar um futuro sustentável temos que ser ambientalmente responsáveis hoje, vemos que a companhia é uma verdadeira pioneira do futuro da aviação", disse Jonathan Wolfson, presidente da Solazyme.

"A Solazyme está profundamente comprometida com a comercialização da tecnologia de produção de combustíveis renováveis, e estamos muito felizes com a parceria com a United para a realização do primeiro voo comercial movido a biocombustível dos E.U.A", afirmou.

Eco-skies, o Compromisso da United com o Meio Ambiente

A operação do primeiro voo comercial dos Estados Unidos com biocombustível avançado representa um marco importante para a Eco-skies, o compromisso assumido pela United para liderar o setor de aviação comercial como uma companhia aérea ambientalmente responsável, realizando ações como essa para assegurar um futuro sustentável. A Eco-skies amplia o histórico comprovado da United e da Continental em melhorar a eficiência de combustíveis e introduzir programas de sustentabilidade.

Em 2009, a Continental entrou para a história como a primeira transportadora aérea norte-americana a realizar um voo de demonstração com aeronave bimotor e movida a biocombustível sustentável, derivado de algas e jatropha. A aeronave Boeing 737-800 utilizada naquela demonstração, número de cauda 516, é a mesma aeronave que operou o voo desta semana. Em 2010, a United realizou o primeiro voo operado por uma companhia aérea americana a ser movido por combustível sintético, produzido a partir de gás natural.

"Assegurar uma fonte mais diversificada de combustíveis para o futuro é uma prioridade para a United," disse Jimmy Samartzis, diretor de assuntos ambientais e de sustentabilidade da United. "Nossas ações e compromissos ambientais se estendem muito além-estamos trabalhando para reduzir o nosso impacto ambiental, tanto no ar quanto na terra, com empresas parceiras e em todas as comunidades em que estamos inseridos".

As maiores realizações da companhia incluem:

· A introdução de combustíveis mais eficientes. Houve uma melhoria de mais de 32% na eficiência dos combustíveis desde 1994, através de investimentos em uma frota moderna e mais eficaz em termos de consumo de combustível, e da simplificação dos processos operacionais. A nova frota, composta de 132 aeronaves -- 50 aeronaves Boeing Dreamliner 787 e 25 Airbus 350 - será entregue até 2019. As aeronaves serão até 20% mais eficientes em termos de consumo de combustível do que as aeronaves mais antigas que serão substituídas. A United continua reformando as aeronaves existentes e instalando winglets para melhorar a eficiência do combustível em até cinco por cento.

· A United e a Continental operam juntas mais de 3.600 veículos de assistência em terra com combustíveis alternativos ou de emissão zero.

· Sempre que possível, os pilotos utilizam processos de voo inovadores, como descida contínua ou aterrisagens customizadas; uso de apenas um motor quando em velocidade mais baixa; utilização da energia fornecida pelo aeroportos em vez da energia gerada pelo motor da aeronave quando a aeronave está no portão; e a companhia aérea frequentemente usa equipamentos de terra em vez de ligar os motores da aeronaves para se movimentar entre portões.

· Durante os últimos cinco anos, a empresa reciclou mais de 20 milhões de libras em resíduos gerados a bordo e nas instalações da companhia, como latas de alumínio, plásticos e papel.

· Os avanços tecnológios, que substituíram por iPads os manuais impressos das cabines dos pilotos e permitiram aos clientes realizar o embarque através de dispositivos móveis, reduziram ainda mais o impacto ambiental da companhia.

Como o biocombustível difere do combustível de jato tradicional- Para garantir a segurança aérea, o biocombustível utilizado no voo da segunda-feira atende às especificações da ASTM International, aprovada em julho de 2011, relacionadas aos componentes bioderivados. O biocombustível é conhecido como HEFA (Ésteres e Ácidos Graxos e Hidroprocessados). Os combustíveis HEFA passaram por testes rigorosos e foram analisadas por fabricantes de motores e fuselagem, as Forças Armadas dos EUA, FAA e companhias aéreas. O SolajetTM, que abasteceu o voo da United, cumpriu as exigências de certificação estabelecidas pela ASTM e aprovadas pela FAA. O biocombustível oferece segurança e características operacionais idênticas ao combustível de jato convencional, mas é mais limpo. Esses biocombustíveis avançados substituem os combustíveis à base de petróleo e não exigem nenhuma modificação nos motores ou aeronaves, que podem reter os padrões originais de fábrica. Os pilotos operam a aeronave da mesma forma como operam qualquer outra aeronave abastecida com combustível de jato tradicional. Os passageiros não irão sentir, ver ou perceber qualquer diferença na aeronave.

O SolajetTM é feito a partir de um processo desenvolvido pela Solazyme. Para produzir o biocombustível são utilizadas algas microbianas, que crescem em fermentadores alimentando-se do açúcar de plantas que utilizam a energia solar. A tecnologia da Solazyme é flexível em relação a qual biomassa será utilizada como matéria-prima e ela pode ser adaptada para atender às necessidades de qualquer cliente em qualquer lugar do mundo, permitindo-lhes alcançar paridade de custo, escala comercial e redução do impacto ambiental ao longo do ciclo de vida do combustível.

A United Continental Holdings, Inc. (NYSE: UAL) é a empresa holding para United Airlines e Continental Airlines. Junto com a United Express, a Continental Express e a Continental Connection, as companhias aéreas operam um total de aproximadamente 5.717 voos diários para 376 aeroportos em seis continentes a partir de seus centros de conexões em Chicago, Cleveland, Denver, Guam, Houston, Los Angeles, New York/Newark Liberty, São Francisco, Tóquio e Washington, DC. A United e a Continental são membros da Star Alliance, que oferece mais de 21.200 voos diários para 1.185 aeroportos em 185 países. Os mais de 80.000 funcionários da United e da Continental residem em todos os estados dos EUA e em muitos países ao redor do mundo.

Assuntos do Momento

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia
30 de Junho de 2022
Energia Limpa

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia

Macaé converte o gás metano, tóxico para a atmosfera, em energia limpa. Inauguração da usina faz parte do Mês do Meio Ambiente

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia
04 de Julho de 2022
Autossuficiência

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia

Geração de energia por esse tipo de recurso, que pode ser obtida por diferentes matérias-primas, conta com financiamento garantido pelo Banco da Amazônia, podendo atender empresas e comunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros
04 de Julho de 2022
Oportunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros

Há chances para estudantes de diversas áreas interessados nos Programas de Estágio ou Jovem Aprendiz da empresa

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis
04 de Julho de 2022
Solar

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis

Facilidades de financiamento a partir de bancos e cooperativas são vantagens estratégicas que ampliam potencial de crescimento

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco
04 de Julho de 2022
Eólica

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco

O novo empreendimento de energia eólica na região de Pernambuco contará com 19 turbinas V150-4,5MW que a Vestas fornecerá e instalará na região

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035
30 de Junho de 2022
Carbono Neutro

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035

A proposta da Comissão Europeia deve contribuir para alcançar os objetivos climáticos do continente, em particular a neutralidade carbônica no horizonte de 2050

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade