Guia Gessulli
25-Jan-2019 14:40 - Atualizado em 25/01/2019 14:52
Biocombustível

Unidade de Demonstração de Biogás e Biometano da Itaipu produziu 17.458 m³ em 2018

Ao longo do ano, os carros percorreram 210 mil quilômetros, o equivalente a cinco voltas no Planeta Terra.

A unidade de Demonstração de Biogás e Biometano, instalada nas dependências da usina hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), produziu 17.458 m³ de biometano em 2018, volume suficiente para abastecer a frota dos 80 veículos da binacional movidos a este combustível. Ao longo do ano, os carros percorreram 210 mil quilômetros, o equivalente a cinco voltas no Planeta Terra. A planta foi inaugurada em junho de 2017 pela Itaipu em parceria com o Centro Internacional de Energias Renováveis – Biogás (CIBiogás).

Para produção do biometano, foi feito o tratamento de todo o resíduo orgânico gerado nos restaurantes internos da hidrelétrica, além de parte da poda da grama e de outros materiais enviados por entidades parceiras. No total, foram tratadas 155 toneladas de resíduos. Como subproduto, foram produzidos 48 mil litros de biofertilizante, que é usado como adubo nos canteiros e gramados da usina. Ao longo do ano, foi evitada a emissão de 1.260 kg de gases causadores do efeito estufa.

“A planta de biometano é uma experiência de sucesso porque mostramos que é possível dominar a tecnologia de produção deste gás. Itaipu é, hoje no cenário nacional, umas das instituições que mais se destacam em relação à gestão adequada dos resíduos e a transformação de um passivo ambiental em um recurso para mobilidade”, considerou o chefe da Assessoria de Energias Renováveis de Itaipu, Paulo Afonso Schmidt.

Redação
Deixe seu Recado