Guia Gessulli
20-Set-2019 09:37
Evento

Transição energética: como reduzir a emissão de gases de efeito estufa?

Centro de pesquisa reúne especialistas da academia e do setor privado para discutir captura e armazenamento de carbono

 

Nos dias 1º e 2 de outubro, representantes de empresas, governo e agências de financiamento se reúnem na capital paulista para discutir pesquisa e inovação na área de captura e armazenamento de carbono (CCS, na sigla em inglês). A Energy Transition Research & Innovation 2019 é organizada pelo Fapesp Shell Research Centre for Gas Innovation (RCGI), centro de pesquisa com base na USP que desenvolve estudos avançados no uso sustentável do gás natural, biogás, hidrogênio, gestão, transporte, armazenamento e uso de CO2.

“Trata-se de um evento sobre transição energética, com foco em CCS e nas ações que devem ser tomadas para que os países possam atingir as metas de redução de emissões de gases de efeito estufa acordadas na Conferência das Partes, em Paris. É uma oportunidade ímpar para compartilhar conhecimento, trocar ideias e mostrar o que cada grupo e cada pesquisador vem fazendo, em suas respectivas áreas, para incentivar a transição no setor de energia em todo o mundo”, resume o diretor de Difusão do Conhecimento do RCGI, Gustavo Assi.

Interessados devem se inscrever on-line até o dia 25 de setembro. O evento será realizado no auditório do Centro de Difusão Internacional, na Cidade Universitária (Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 222 – Butantã, São Paulo-SP), das 9 às 19 horas.

Programação
No primeiro dia da conferência, o professor do Instituto de Física (IF) da USP, Paulo Artaxo, vai falar sobre o programa de pesquisa da Fapesp sobre mudanças climáticas. Há décadas o pesquisador se dedica a estudos sobre mudanças climáticas, além de integrar o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), organização científico-política das Nações Unidas (ONU). O público também poderá assistir à apresentação do diretor geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, que falará sobre emissões de gases de efeito estufa e atividades de óleo e gás no Brasil. A terceira palestrante do dia 1º é Lene Hviid, gerente global da Shell Research Connect & Game Changer, que apresentará as iniciativas de CCS da Shell. 

“Fechando o dia, os keynote speakers participam de um debate juntamente com João Azevedo, presidente do CNPq, e Júlio Meneghini, diretor científico do RCGI, sobre como apoiar a implantação de iniciativas de CCS”, conta o diretor de Difusão do Conhecimento do RCGI, Gustavo Assi.

No segundo dia, três palestrantes estrangeiros falam sobre CCS em seus países de origem. Serão Alissa Park, da Columbia University (EUA); Adam Hawkes, do Imperial College London (Reino Unido); Chinnakonda S. Gopinath, do National Chemical Laboratory (Índia). O quarto palestrante do dia é Eric Larson, da Princeton University, que vai tratar do tema bioenergia com captura e armazenamento de carbono. 

Após as palestras acontece o debate Ações urgentes de CCS: quem, como e quando? que, além dos palestrantes citados, contará também com a participação de Rob Littel, diretor da área de Separação de Gás da Shell, com moderação de Paulo Artaxo. Ao longo de todo o evento, haverá apresentações de trabalhos de pesquisadores ligados ao RCGI, em sessões paralelas que acontecem em três salas, concomitantemente.

A conferência tem o apoio da Fapesp, da Shell e do CNPq.  

Jornal da USP
Deixe seu Recado