AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Sustentabilidade

Tocantins lidera ranking nacional de competitividade das fontes limpas

Segundo Índice FDR Energia, 23 estados brasileiros mantiveram a atratividade em setembro

Ascom
21-Set-2017 14:47

A FDR Energia, empresa de geração e comercialização de eletricidade, acaba de lançar a atualização de setembro do Índice de Atratividade do Mercado Livre para Fontes Limpas de Energia. O levantamento revela que os 23 estados brasileiros mantêm a competitividade em relação ao mês de agosto, com variação de menos de 1%. O valor médio do Índice FDR Energia para todo o Brasil ficou em “0,513” no mês de setembro.

Pela quarto mês consecutivo, Tocantins lidera o ranking de atratividade entre as unidades da Federação, como o estado onde as fontes limpas no Ambiente de Contratação Livre (ACL) são mais competitivas em relação ao mercado cativo, com a nota 0,661. Em segundo lugar o Pará com “0,650”, terceiro Santa Catarina com “0,608”, quarto Espírito Santo com “0,606”e quinta colocação o Rio de Janeiro com “0,604”.

“Apesar da manutenção da atratividade, temos uma preocupação em relação à oferta de energia incentivada para manter o ritmo de migração das empresas interessadas”, afirma Erick Azevedo, sócio diretor da FDR Energia e coordenador do estudo. O índice, tal qual o modelo do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), elaborado pela Organizações das Nações Unidas (ONU), é calculado em um intervalo de “0,000” (para a menor atratividade) e “1,000” para a maior atratividade.

O levantamento mostra que estados que possuem valores no índice abaixo de 0,4 podem ser considerados inviáveis financeiramente para migração para o ACL. “Já os que têm entre 0,4 e 0,6 podem ser considerados com viabilidade moderada e entre 0,6 e 0,8, com boa viabilidade. Acima de 0,8, com alta viabilidade”, sinaliza Azevedo.

Ranking dos estados em setembro de 2017 (Brasil)

,
divulgação

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade