29-Nov-2017 15:49
Matriz Energética

Telhado de fábrica da Nissan na Holanda gera energia para 900 residências

Qualquer pessoa que não tenha um telhado próprio para instalar painéis solares pode investir no negócio

,
.
A Nissan é a primeira empresa a disponibilizar seus painéis solares fotovoltaicos para a produção coletiva de energia renovável em larga escala na Holanda. Opção ainda pouco conhecida, nesse sistema a eletricidade gerada é compartilhada com várias pessoas, neste caso, a produção supre a demanda energética de 900 domicílios. A fase inicial do projeto começou a funcionar em fevereiro e estará totalmente em operação a partir de maio do próximo ano.

Um do fundadores, Sven Pluut, explica que a plataforma de compartilhamento de energia solar, chamada de ZonnepanelenDelen, permite que um público muito maior possa ter acesso a este tipo de energia. Além disso, trata-se de um programa de investimento onde cada um pode contribuir com um valor e ter um retorno a partir da energia gerada.

“Qualquer pessoa a favor da energia solar, mas que não tenha um telhado onde possam ser instalados painéis solares fotovoltaicos, pode contribuir diretamente para a expansão da energia sustentável ao adquirir estes títulos de investimento”, afirma Pluut.

O investimento sustentável paga um rendimento anual baseado na quantidade de energia solar gerada e o preço vigente da energia elétrica, estendendo-se por 15 anos.

Já foram emitidos 20.000 ZonneDelen, ao custo de 25 euros cada um. As vendas começaram em 15 de novembro e a compra pode ser feita por meio do site. O Banco ASN e o fundo de sustentabilidade do município de Amsterdã estão oferecendo um financiamento conjunto de 3,2 milhões de euros para o projeto.

“Estamos trabalhando na produção de energia sustentável e em projetos que incluem a armazenagem de energia por meio de baterias usadas, veículos que devolvem energia para a rede e programas de carsharing. Os painéis solares fotovoltaicos também se inserem nesta estratégia”, afirma Koen Maes, diretor geral da Nissan Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo).

Ciclo Vivo
Deixe seu Recado