AveSui2021
14-Set-2020 08:05
Biogás

Sulgás realiza processo de contratação mais ágil de biometano

Participaram 38 representantes de empresas, que puderam tirar dúvidas sobre o processo
 

A Sulgás promoveu uma reunião virtual para os interessados em participar do novo edital de chamada pública para aquisição de biometano. Participaram 38 representantes de empresas, que puderam tirar dúvidas sobre o processo. Realizado na terça-feira, dia 8 de setembro, o encontro foi conduzido pelo gerente de Grandes Consumidores da Companhia, Cristiano Rickmann.

Lançado em 14 de agosto de 2020, o edital tem como objetivo realizar um processo de contratação menos complexo e mais ágil, visando ter o biometano como opção de suprimento para o Estado, já a partir de 2021/2022. Os interessados deverão apresentar propostas até o dia 14 de setembro.

Serão aceitos projetos com volume mínimo de 3 mil metros cúbicos por dia de biometano, sem definição de volume máximo, por um período de contrato de 10 anos. A companhia se compromete em adquirir 80% das quantidades previstas.

Uma das novidades desse processo simplificado é a redução das opções de modalidade de entrega. Os proponentes deverão apresentar obrigatoriamente propostas para duas modalidades: injeção em rede e entrega de comprimido retirado.

Serão aceitos projetos com volume mínimo de 3 mil metros cúbicos por dia de biometano, sem definição de volume máximo, por um período de contrato de 10 anos. A companhia se compromete em adquirir 80% das quantidades previstas.

Uma das novidades desse processo simplificado é a redução das opções de modalidade de entrega. Os proponentes deverão apresentar obrigatoriamente propostas para duas modalidades: injeção em rede e entrega de comprimido retirado.

No primeiro caso, a companhia compra o biometano injetado na sua rede canalizada e no segundo, compra e retira o biometano por meio de caminhões que transportarão o gás sob a forma comprimida até os clientes. Nos dois modelos de negócio, a companhia realizará a odoração e medição do gás.

O gerente Rickmann explica que as propostas apresentadas devem prever a instalação de plantas na área de abrangência definida no edital, localizada entre as cidades de Lajeado, Montenegro, Triunfo e Venâncio Aires.

“Nós fizemos um mapeamento tanto de biomassa como de potencial de mercado e essa foi a região com a maior sinergia. É uma região em que há biomassa disponível e um mercado com potencial consumidor interessante”, disse Rickmann.

O gestor também esclarece que a chamada pública só contempla a produção de biometano a partir da transformação da biomassa extraída das atividades agrossilvopastoris. Mas que a Sulgás está aberta a empresas que trabalhem com resíduos orgânicos de aterros sanitários para futuros editais.

“A ideia é que isso avance, porque o Rio Grande do Sul tem uma vocação para o agronegócio e um potencial de produção de 1,5 milhão de metros cúbicos por dia de biometano, segundo o Atlas das Biomasssas, estudo encomendado pela Sulgás e executado pela Univates”, completa Rickmann.


Principais informações sobre a chamada pública:

Objeto: apresentação de propostas de suprimento de biometano produzido no Rio Grande do Sul e originário de produtos e resíduos orgânicos agrossilvopastoris e comerciais, segundo necessidades de suprimento e condições previstas no Termo de Referência.

Etapa 1

Recebimento de propostas: 14/8/2020 até 14/9/2020
As propostas devem ser enviadas para o e-mail [email protected]

Etapa 2

Negociação: as propostas selecionadas serão objeto de negociação de contratos de suprimento.
Volume mínimo: 3 mil m³/dia
Início de fornecimento: 2021/2022
Informações: com a Comissão Especial de Suprimento, correio eletrônico: [email protected]

 

Redação
Deixe seu Recado