AveSui
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Sustentabilidade

Startup desenvolve combustível renovável a partir de cascas de madeiras capaz de revolucionar a indústria naval

A indústria naval também está caminhando rumo a descarbonização e um exemplo disso é o combustível renovável, a base de cascas de madeira

Redação com informações de Click Petróleo e Gás
22-Out-2021 15:23 - Atualizado em 22/10/2021 16:03

No caminho da descarbonização, os biocombustíveis desempenham um papel importante e um deles se destaca em particular. A tecnologia de lignina líquida pode ser a resposta para um combustível renovável sustentável, dentro da indústria naval. Uma empresa na Holanda patenteou um processo termoquímico único, através das quais os resíduos florestais e agrícolas são transformados, no que eles chamaram de “ouro verde”. A Startup Vertoro desenvolveu um combustível de lignina estável e fácil de processar, mantendo suas propriedades naturais e mudando o cenário da indústria naval.

Entendendo o segredo por trás do combustível renovável da indústria naval

De acordo com a startup química apoiada por uma universidade – a lignina (biomassa lignocelulósica), não é apenas o recurso natural mais abundante e econômico no mundo mas também é altamente renovável.

Embora a biomassa contenha lignina em uma alta porcentagem (até 25%), a maior parte dela não é usada, por ser considerada de difícil processamento. A Vertoro desenvolveu um processo simples, no qual a lignina sólida é aquecida por 30 minutos, em qualquer solvente orgânico disponível no mercado, sem a necessidade de catalisadores adicionais.

O resultado é um produto que pode ser transformado em diversos combustíveis e materiais com alto desempenho, pois as propriedades naturais da lignina são preservadas, por meio desse método inovador e suave.

Assuntos do Momento

Empresa de alimentos investe R$ 150 milhões em usina de geração de energia com biomassa
01 de Dezembro de 2021
Debêntures verdes

Empresa de alimentos investe R$ 150 milhões em usina de geração de energia com biomassa

Unidade vai gerar energia térmica a partir da palha do arroz; empresa criou uma nova subsidiária, a Camil Energia Renovável

Mercado de startups no Brasil cresce quase 30% no setor de energia
03 de Dezembro de 2021
Expansão

Mercado de startups no Brasil cresce quase 30% no setor de energia

Amazonas, Ceará, Distrito Federal, São Paulo e Santa Catarina são os Estados com mais startups voltadas ao setor de energia no país

ABiogás anuncia certificado de biometano e destaca a inauguração de 45 novas usinas em 2021
29 de Novembro de 2021
Descarbonizar

ABiogás anuncia certificado de biometano e destaca a inauguração de 45 novas usinas em 2021

Outro destaque foi a apresentação do Fundo Garantidor do Biogás, primeiro fundo com foco ambiental no Brasil, lançado em setembro pelo The Lab junto com a ABiogás

Relator propõe repasse de 80% dos Créditos de Descarbonização a produtor de biomassa
02 de Dezembro de 2021
Reivindicação

Relator propõe repasse de 80% dos Créditos de Descarbonização a produtor de biomassa

Deputado José Mário Schreiner (DEM-GO) também propõe que produtores rurais tenham o mesmo regime tributário dos produtores de biocombustível

Estudo da CCEE revela que estado de São Paulo tem mais de 17,5 mil unidades consumidoras que já poderiam migrar para o mercado livre de energia
30 de Novembro de 2021
Energia Renovável

Estudo da CCEE revela que estado de São Paulo tem mais de 17,5 mil unidades consumidoras que já poderiam migrar para o mercado livre de energia

São empresas de grande e médio porte como indústrias e shoppings que ainda são abastecidas pelo mercado regulado e que hoje possuem, sozinhas ou em comunhão, carga superior a 500 kW

Disponible en español Disponible en español
Energias renováveis batem recorde mundial, mas ainda não são suficientes
01 de Dezembro de 2021
Carbono Neutro

Energias renováveis batem recorde mundial, mas ainda não são suficientes

Um estudo divulgado pela Agência Internacional de Energia indica que, apesar do recorde batido, o ritmo ainda é insuficiente para colocar o planeta no caminho da neutralidade de carbono

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade