Guia Gessulli
26-Out-2018 08:33
Evento

Smart Energy e GreenBuilding apresenta cases de Certificação LEED e soluções para green buildings em Curitiba

Empresas de referência no setor apresentarão projetos certificados e tecnologias que auxiliam a transformar edifícios em construções sustentáveis

Os estados do Sul tem a maior expansão de empreendimentos com a Certificação LEED dentro do Brasil, segundo a GBC Brasil. Desde 2013, o crescimento na região foi de 76%, quase o dobro em relação ao resto do país, que foi de 41%. Falando somente em edifícios certificados com o selo “Zero Energy”, que atesta a autossuficiência em energia do edifício, ou seja, uma extrema eficiência energética e sustentável, o Paraná tem cinco dos seis empreendimentos brasileiros que possuem esse selo.

Exemplos desses empreendimentos com Certificação LEED e novas tecnologias para tornar uma construção sustentável farão parte da exposição da Conferência Smart Energy e GreenBuilding, que reúne a 5ª Smart Energy CIEI&EXPO, a 9º GBC Expo Brasil – Greenbuilding Brasil Conferência Internacional & Expo e o Fórum de Eficiência Energética da Ashrae, entre os dias 5 e 7 de novembro, no Salão Principal do CIETEP/FIEP, em Curitiba.

A Laguna, uma das primeiras construtoras do Brasil a adotar práticas de sustentabilidade no planejamento de suas obras, seguindo o padrão construtivo estabelecido pelo selo LEED, mostrará o projeto de um de seus edifícios mais recentes, o LLUM, com previsão de entrega para maio de 2019, o primeiro prédio residencial do país a conquistar a pré-certificação ambiental LEED Ouro, segundo maior nível de sustentabilidade dentro dos pré-requisitos exigidos pela certificação. “Em comparação ao padrão construtivo estabelecido pela norma brasileira de desempenho de edificações (NBR 15 575), as residências consumirão 25% menos energia, e no condomínio o consumo será 35% menor. Além disso, os ambientes serão 59,2% mais confortáveis termicamente”, explica do diretor de Incorporação da Laguna, André Marin.

Outra construtora que mostrará os seus cases é a Plaenge Industrial. Entre eles, está a primeira fábrica verde certificada no Brasil: a Matte Leão, na região de Curitiba e a obra da Geo Energética em Tamboara, no Paraná, reconhecida como a primeira geradora de energia do país a conseguir a certificação. “A certificação é uma necessidade cada vez maior do mercado, visto que as grandes companhias mundiais adotam como padrão o uso de recursos sustentáveis. É preciso ter expertise para propor soluções práticas, viáveis e que não criem demandas extras para a indústria”, afirma o diretor da Plaenge Industrial, Ednelson Ivantes. A empresa ainda é responsável pela construção dde 60% das obras da Coca-Cola no Brasil, incluindo a fábrica da  Femsa, no Paraná, que recebeu dupla certificação: LEED Ouro e Prata e o Centro de Distribuição Caju, no Rio de Janeiro, que obteve a certificação LEED Platinum.

Na área de consultoria sustentável, a Petinelli Soluções em Green Building estará presente para explicar seus serviços para auxiliar projetos de engenharia na obtenção da Certificação LEED. 

Soluções para a construção de green buildings

Tecnologias que colaboram para a obtenção dessas certificações também estarão na exposição. A Honeywell, que oferece ao mercado soluções conectadas que envolvem todas as tendências de tecnologia para tornar um edifício inteligente, como  IoT, Big Data e Inteligência Artificial, apresentará um case desenvolvido em um condomínio em São Paulo, Torres Ibirapuera, que demonstra como as tecnologias de automação podem gerar resultados reais em um curto espaço de tempo e impactar a eficiência operacional. O empreendimento conta com a certificação internacional LEED EBO&M de Nível Silver.

Dentro das soluções que serão expostas, também estão as da Engepoli Soluções Sustentáveis, que desenvolve produtos na área de iluminação e ventilação natural, que visam transformar obras convencionais em construções sustentáveis, como o  Sistema Skylux Prismático Diffuser, desenvolvido pela empresa, que é um sistema de iluminação natural que proporciona a entrada da luz no ambiente com uma amplificação por meio do formato completamente angulado, com microprismas e protuberâncias, tornando o sistema 35% mais eficiente que os sistemas comuns já existentes no mercado

O Grupo Saint-Gobain mostrará suas soluções para obtenção de conforto térmico, acústico, lumínico e qualidade do ar interno. O Grupo possui um Centro de P&D em Capivari, interior de São Paulo, certificado com o selo LEED Gold, onde são realizadas pesquisas para o desenvolvimento e codesenvolvimento dessas soluções, além do aperfeiçoamento das linhas de produtos existentes. Já a Johnson Controls Building Technologies &Solutions estará presente com seu portfólio de produtos e serviços que englobam todos os aspectos de um edifício - sistemas de segurança, gerenciamento de energia, proteção contra incêndio ou HVACR mais seguro, inteligente e sustentável.

Comprometida com a utilização racional da água, a Rain Bird, líder mundial em produtos para irrigação, apresentará seus serviços de irrigação inteligente no evento. A empresa conta com mais de quatro mil produtos, que ajudam a tornar um edifício verde para obtenção da Certificação LEED, e foi a criadora do primeiro aspersor de impacto da história da irrigação pressurizada, em 1935, que inaugurou uma nova era na irrigação mundial. Em 1990, esse aspersor foi condecorado pela American Society of Agricultural Engineers e indicado como um marco histórico.

Ainda estarão resentes na exposição a Philips, com produtos inovadores e sustentáveis para iluminação e Instituto de Engenharia do Paraná.  Os interessados em participar da 5ª Smart Energy CIEI&EXPO, que neste ano também reúne a  9º GBC Expo Brasil -  Greenbuilding Brasil Conferência Internacional & Expo e o Forúm de Eficiência Energética da Ashrae podem se inscrever pelo site

Os estados do Sul tem a maior expansão de empreendimentos com a Certificação LEED dentro do Brasil, segundo a GBC Brasil. Desde 2013, o crescimento na região foi de 76%, quase o dobro em relação ao resto do país, que foi de 41%. Falando somente em edifícios certificados com o selo “Zero Energy”, que atesta a autossuficiência em energia do edifício, ou seja, uma extrema eficiência energética e sustentável, o Paraná tem cinco dos seis empreendimentos brasileiros que possuem esse selo.

Exemplos desses empreendimentos com Certificação LEED e novas tecnologias para tornar uma construção sustentável farão parte da exposição da Conferência Smart Energy e GreenBuilding, que reúne a 5ª Smart Energy CIEI&EXPO, a 9º GBC Expo Brasil – Greenbuilding Brasil Conferência Internacional & Expo e o Fórum de Eficiência Energética da Ashrae, entre os dias 5 e 7 de novembro, no Salão Principal do CIETEP/FIEP, em Curitiba.

A Laguna, uma das primeiras construtoras do Brasil a adotar práticas de sustentabilidade no planejamento de suas obras, seguindo o padrão construtivo estabelecido pelo selo LEED, mostrará o projeto de um de seus edifícios mais recentes, o LLUM, com previsão de entrega para maio de 2019, o primeiro prédio residencial do país a conquistar a pré-certificação ambiental LEED Ouro, segundo maior nível de sustentabilidade dentro dos pré-requisitos exigidos pela certificação. “Em comparação ao padrão construtivo estabelecido pela norma brasileira de desempenho de edificações (NBR 15 575), as residências consumirão 25% menos energia, e no condomínio o consumo será 35% menor. Além disso, os ambientes serão 59,2% mais confortáveis termicamente”, explica do diretor de Incorporação da Laguna, André Marin.

Outra construtora que mostrará os seus cases é a Plaenge Industrial. Entre eles, está a primeira fábrica verde certificada no Brasil: a Matte Leão, na região de Curitiba e a obra da Geo Energética em Tamboara, no Paraná, reconhecida como a primeira geradora de energia do país a conseguir a certificação. “A certificação é uma necessidade cada vez maior do mercado, visto que as grandes companhias mundiais adotam como padrão o uso de recursos sustentáveis. É preciso ter expertise para propor soluções práticas, viáveis e que não criem demandas extras para a indústria”, afirma o diretor da Plaenge Industrial, Ednelson Ivantes. A empresa ainda é responsável pela construção dde 60% das obras da Coca-Cola no Brasil, incluindo a fábrica da  Femsa, no Paraná, que recebeu dupla certificação: LEED Ouro e Prata e o Centro de Distribuição Caju, no Rio de Janeiro, que obteve a certificação LEED Platinum.

Na área de consultoria sustentável, a Petinelli Soluções em Green Building estará presente para explicar seus serviços para auxiliar projetos de engenharia na obtenção da Certificação LEED. 

Soluções para a construção de green buildings

Tecnologias que colaboram para a obtenção dessas certificações também estarão na exposição. A Honeywell, que oferece ao mercado soluções conectadas que envolvem todas as tendências de tecnologia para tornar um edifício inteligente, como  IoT, Big Data e Inteligência Artificial, apresentará um case desenvolvido em um condomínio em São Paulo, Torres Ibirapuera, que demonstra como as tecnologias de automação podem gerar resultados reais em um curto espaço de tempo e impactar a eficiência operacional. O empreendimento conta com a certificação internacional LEED EBO&M de Nível Silver.

Dentro das soluções que serão expostas, também estão as da Engepoli Soluções Sustentáveis, que desenvolve produtos na área de iluminação e ventilação natural, que visam transformar obras convencionais em construções sustentáveis, como o  Sistema Skylux Prismático Diffuser, desenvolvido pela empresa, que é um sistema de iluminação natural que proporciona a entrada da luz no ambiente com uma amplificação por meio do formato completamente angulado, com microprismas e protuberâncias, tornando o sistema 35% mais eficiente que os sistemas comuns já existentes no mercado

O Grupo Saint-Gobain mostrará suas soluções para obtenção de conforto térmico, acústico, lumínico e qualidade do ar interno. O Grupo possui um Centro de P&D em Capivari, interior de São Paulo, certificado com o selo LEED Gold, onde são realizadas pesquisas para o desenvolvimento e codesenvolvimento dessas soluções, além do aperfeiçoamento das linhas de produtos existentes. Já a Johnson Controls Building Technologies &Solutions estará presente com seu portfólio de produtos e serviços que englobam todos os aspectos de um edifício - sistemas de segurança, gerenciamento de energia, proteção contra incêndio ou HVACR mais seguro, inteligente e sustentável.

Comprometida com a utilização racional da água, a Rain Bird, líder mundial em produtos para irrigação, apresentará seus serviços de irrigação inteligente no evento. A empresa conta com mais de quatro mil produtos, que ajudam a tornar um edifício verde para obtenção da Certificação LEED, e foi a criadora do primeiro aspersor de impacto da história da irrigação pressurizada, em 1935, que inaugurou uma nova era na irrigação mundial. Em 1990, esse aspersor foi condecorado pela American Society of Agricultural Engineers e indicado como um marco histórico.

Ainda estarão resentes na exposição a Philips, com produtos inovadores e sustentáveis para iluminação e Instituto de Engenharia do Paraná.  Os interessados em participar da 5ª Smart Energy CIEI&EXPO, que neste ano também reúne a  9º GBC Expo Brasil -  Greenbuilding Brasil Conferência Internacional & Expo e o Forúm de Eficiência Energética da Ashrae podem se inscrever pelo site www.smartenergy.org.br/2018.

Redação
Deixe seu Recado