AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Empreendimento

Siemens anuncia avanço tecnológico para usinas elétricas

Siemens anunciou que vai validar as tecnologias dessa classe na usina da Duke Energy no Condado de Lincoln, na Carolina do Norte, preparando o caminho para o próximo patamar de eficiência

Petronotícias
16-Ago-2017 16:46

A Siemens anunciou que vai validar as tecnologias dessa classe na usina da Duke Energy no Condado de Lincoln, na Carolina do Norte, preparando o caminho para o próximo patamar de eficiência, com o desenvolvimento de sua Classe-HL. É um desenvolvimento evolutivo derivado da tecnologia SGT-8000H. Utilizando uma série de inovações de operação e design, as turbinas a gás Siemens Classe-HL agregam recursos de projeto com a melhor experiência do passado. Os níveis de eficiência estão acima de 63%, com meta de prazo médio para atingir 65%, segundo a empresa.

Somado a isso, a Siemens está ganhando impulso para implantar atualizações tecnológicas e competitividade pela transferência de importantes tecnologias recém-desenvolvidas para a sua carteira completa de turbinas a gás. A Siemens diz que em um futuro próximo, todos os clientes irão se beneficiar de mais aumentos de eficiência e de desempenho. Essa abordagem faz parte de uma série de atividades para ajudar os clientes da empresa a concorrer em um mercado altamente volátil – trabalhando para reduzir significativamente os prazos e o tempo de construção, por meio de padronização e modularização.

A nova Classe-HL da Siemens é composta de três conjuntos: SGT5-9000HL, SGT6-9000HL e SGT5-8000HL. Operando em ciclo simples, resfriado a ar, as turbinas a gás SGT-9000HL fornecem uma capacidade de 545 megawatts (MW) para o mercado de 50 Hertz e 374 MW na versão para 60 Hertz. A SGT5-8000HL fornecerá 453 MW no modo de operação de ciclo simples. Todos os conjuntos atingem mais que 63% de eficiência em ciclo combinado.

Para atingir desempenho superior, as turbinas operam em temperaturas de combustão mais elevadas. Para este fim, os especialistas da Siemens desenvolveram tecnologias de combustão avançadas, revestimentos inovadores multicamadas, recursos de resfriamento interno supereficientes, e também um ciclo água-vapor otimizado. Adicionalmente, vedações otimizadas minimizam vazamentos de resfriamento e de ar. Ao mesmo tempo, as pás 3D de projeto revolucionário estão capacitando uma maior aero eficiência para o compressor. Elementos de solução pré-definidos e pré-fabricados, assim como fornecedores e produtos pré-selecionados, possibilitam prazo de construção significativamente reduzido e partida rápida dos projetos. As turbinas são projetadas para se conectarem nas ofertas digitais da Siemens para operadoras de usinas e de concessionárias de utilidades públicas, incorporando conectividade com MindSphere, o sistema operacional da Siemens baseado em nuvem para a Internet das Coisas (IoT). O MindSphere oferece acesso a análises poderosas da Siemens e de seus parceiros – usando visões intuitivas na operação dos conjuntos e para suporte à decisão, para fornecer benefícios aos clientes.

Willi Meixner, CEO da Siemens na Divisão Power and Gas, diz que  “Impulsionado pela digitalização, a velocidade no desenvolvimento da tecnologia está ganhando impulso rapidamente no setor de geração de energia. Gastamos 10 anos, de 2000 a 2010, para aumentar a eficiência das nossas usinas de energia elétrica de ciclo combinado de 58 para 60%, e mais seis anos para atingir 61,5% em 2016, agora estamos dando o próximo passo para chegar a 63% e continuar subindo. Isto é incrível. Entretanto, sabemos que velocidade e eficiência apenas não são suficientes – confiabilidade e a economia de nossas soluções, e também parceria, assistência financeira e aplicação se seguros também são fatores importantes para nossos clientes.”

Assuntos do Momento

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia
30 de Junho de 2022
Energia Limpa

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia

Macaé converte o gás metano, tóxico para a atmosfera, em energia limpa. Inauguração da usina faz parte do Mês do Meio Ambiente

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia
04 de Julho de 2022
Autossuficiência

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia

Geração de energia por esse tipo de recurso, que pode ser obtida por diferentes matérias-primas, conta com financiamento garantido pelo Banco da Amazônia, podendo atender empresas e comunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros
04 de Julho de 2022
Oportunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros

Há chances para estudantes de diversas áreas interessados nos Programas de Estágio ou Jovem Aprendiz da empresa

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis
04 de Julho de 2022
Solar

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis

Facilidades de financiamento a partir de bancos e cooperativas são vantagens estratégicas que ampliam potencial de crescimento

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco
04 de Julho de 2022
Eólica

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco

O novo empreendimento de energia eólica na região de Pernambuco contará com 19 turbinas V150-4,5MW que a Vestas fornecerá e instalará na região

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035
30 de Junho de 2022
Carbono Neutro

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035

A proposta da Comissão Europeia deve contribuir para alcançar os objetivos climáticos do continente, em particular a neutralidade carbônica no horizonte de 2050

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade