Guia Gessulli
05-Ago-2019 08:27
Mobilidade

Sergey Buchin, da suíça Innolith, vem ao Brasil para falar sobre uma das baterias mais inovadoras do mundo

Além do projeto de uma das apostas do setor de baterias, CEO da desenvolvedora suíça exporá panorama global do setor

No início do ano, a empresa suíça Innolith revelou um projeto revolucionário de baterias para veículos sem combustão que atinge questões-chave do segmento, como custo e autonomia. É o desenvolvimento da primeira bateria recarregável de 1.000 Wh/kg. De acordo com as informações divulgadas, ela será capaz de prover a um veículo elétrico autonomia superior a 1.000 km com uma única carga. Sergey Buchin, cofundador e CEO da Innolith, estará em São Paulo, no dia 02 de outubro, para palestrar sobre o assunto no C-Move (Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos).

O equipamento, com previsão de ingresso no mercado entre 3 e 5 anos, terá um sistema com tecnologia de eletrólitos inorgânicos não inflamáveis. As baterias convencionais para elétricos usam material orgânico, principal causa nas ocorrências de incêndio na peça. A Innolith ressaltou que os gastos para a produção da bateria em desenvolvimento são inferiores aos modelos atuais. Segundo a companhia, o motivo é a combinação entre a altíssima densidade energética do sistema e a ausência de materiais caros e exóticos em sua composição. Para o CEO da Innolith, esse é um panorama favorável para avanços no segmento.

"As limitações das baterias atualmente disponíveis frustram a revolução dos veículos elétricos", afirma Buchin. "Os consumidores desejam que uma única carga proporcione bom alcance para um veículo elétrico que seja financeiramente acessível, com a confiança de que não pegarão fogo. A bateria recarregável da Innolith é a tecnologia inovadora que potencialmente pode atender a todas essas necessidades", acrescenta o CEO.

A Innolith já demonstrou a eficiência de sua tecnologia inovadora de baterias recarregáveis ??inorgânicas não inflamáveis. A primeira experiência foi implementada na rede de interconexão PJM, nos Estados Unidos, para fornecer serviços de regulação rápida de frequência. A empresa coordena o transporte de eletricidade em muitos estados norte-americanos, entre eles Illinois, Indiana, Michigan, Nova Jersey e Carolina do Norte.

Vinda ao Brasil

Cumprindo a missão de promover conteúdo relevante para a mobilidade elétrica no País, o Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos (C-MOVE) terá o CEO como um de seus palestrantes. "Sergey Buchin é reconhecido internacionalmente como uma das mentes que ajudarão a mudar a mobilidade elétrica no mundo", observa Rodrigo Afonso, gerente da Veículo Elétrico Latino-Americano. "Sua ampla experiência de gestão nas áreas de tecnologia e finanças, aliada aos desafios enfrentados pela Innolith na condução de projetos inovadores, proporcionará ao público do C-MOVE um panorama global do segmento de elétricos", acrescenta.

O C-MOVE integra a programação do Veículo Elétrico Latino-Americano 2019, plataforma de debate e impulsão setorial, que expõe produtos e serviços inovadores para híbridos e elétricos e acontece de 1º a 03 de outubro, na capital paulista. O painel de Sergey Buchin propõe uma "Visão Internacional" dentro do tema "Baterias", e abrirá o segundo dia do evento, às 9h. Outros tópicos como carregadores, tecnologias e inovações para carros autônomos, cidades inteligentes e mobilidade do futuro também farão parte do C-MOVE, com o objetivo de promover o desenvolvimento do uso e fomento de novos negócios para a mobilidade elétrica no Brasil.

Redaçãoa
Deixe seu Recado