AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
OMC

Sem surpresas, Azevêdo anuncia nova diretoria da OMC

Valor
19-Ago-2013 08:45 - Atualizado em 20/04/2016 14:44

A escolha feita pelo futuro diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, de seus quatro diretores-adjuntos foi bem recebida na cena comercial em Genebra. Azevêdo, que toma posse dia 2 de setembro, anunciou no sábado a nomeação de representantes dos Estados Unidos, União Europeia, China e Nigéria como diretores-adjuntos nos quatro anos de mandato.

Não há surpresas. No caso da China, maior nação comerciante do planeta, estava praticamente acertado que qualquer que fosse o novo diretor da OMC, Pequim teria um diretor-adjunto, substituindo a Índia na direção da entidade como representante da Asia. Quanto as escolhas de americano e europeu, isso faz parte da tradição na OMC, pelo peso dos dois gigantes no comércio internacional. A África, igualmente, tem seu posto na divisão geográfica.

O que faltava definir eram os nomes desses diretores-adjuntos, em consultas com países-membros. Azevêdo deu prioridade a pessoas que conhecem profundamente o sistema multilateral e os detalhes do funcionamento da entidade. No caso da China, o escolhido foi o atual embaixador de Pequim na OMC, Yi Xiaozhun. Ele é visto como diferente do burocrata chinês tradicional e "faz até piada", conforme uma fonte.

Pelos EUA, foi escolhido o numero dois da missão americana junto à entidade, David Shark, com enorme conhecimento do sistema multilateral. O embaixador da Nigéria,Yonov Frederick Agah, é um dos facilitadores em alguns temas da negociação global de liberalização.

Pela Europa, o indicado foi o alemão Karl-Ernst Brauner, chefe do Departamento de Economia e Tecnologia do Ministério da Economia da Alemanha. Estão assim representados no comando da OMC as principais nações comerciantes - China, EUA e Alemanha --, além de uma das grandes economias africanas, a Nigéria.

Azevêdo anunciou também seu chefe de gabinete e, portanto, seu principal conselheiro. Será outro nome conhecido em Genebra, Tim Yeend, embaixador da Austrália junto à OMC nos últimos três anos, conhecido por um estilo também consensual.

Na cena comercial, as reações foram favoráveis. A avaliação é que Azevêdo formou uma boa equipe, capaz de ajudar na busca de consensos. Michael Froman, principal negociador comercial dos EUA, divulgou comunicado, dizendo que o momento é importante para o futuro das negociações comerciais multilaterais e que a equipe experiente escolhida terá um papel importante no esforço para reforçar o sistema, com novas abordagens para as negociações e para a governança do comércio internacional.

Assuntos do Momento

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia
30 de Junho de 2022
Energia Limpa

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia

Macaé converte o gás metano, tóxico para a atmosfera, em energia limpa. Inauguração da usina faz parte do Mês do Meio Ambiente

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia
04 de Julho de 2022
Autossuficiência

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia

Geração de energia por esse tipo de recurso, que pode ser obtida por diferentes matérias-primas, conta com financiamento garantido pelo Banco da Amazônia, podendo atender empresas e comunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros
04 de Julho de 2022
Oportunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros

Há chances para estudantes de diversas áreas interessados nos Programas de Estágio ou Jovem Aprendiz da empresa

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis
04 de Julho de 2022
Solar

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis

Facilidades de financiamento a partir de bancos e cooperativas são vantagens estratégicas que ampliam potencial de crescimento

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco
04 de Julho de 2022
Eólica

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco

O novo empreendimento de energia eólica na região de Pernambuco contará com 19 turbinas V150-4,5MW que a Vestas fornecerá e instalará na região

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035
30 de Junho de 2022
Carbono Neutro

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035

A proposta da Comissão Europeia deve contribuir para alcançar os objetivos climáticos do continente, em particular a neutralidade carbônica no horizonte de 2050

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade