Guia Gessulli
24-Jun-2020 13:09
Sustentabilidade

Scania entrega primeiro caminhão a GNV/biometano da região Sul para Grupo Charrua

O primeiro caminhão movido a GNV e/ou biometano do Sul representa um novo passo no uso de sistemas mais sustentáveis no transporte de cargas.

A Scania entregou, no dia 17 de junho, o quinto caminhão movido a GNV e/ou biometano do Brasil para o Grupo Charrua, que adquiriu o primeiro modelo da região Sul nesta inovadora tecnologia mais sustentável. Com a nova venda, a marca chega a 23 modelos comercializados, sendo 18 para a PepsiCo. A Casa Scania Brasdiesel (RS) foi a responsável pela venda, a entrega e cuidará do suporte operacional e da manutenção do pesado R 410 6x2.

O R 410 será usado no transporte de gás natural veicular pela Charrua Gás para atender clientes do Rio Grande do Sul, como indústrias e postos de combustível. O primeiro caminhão movido a GNV e/ou biometano do Sul representa um novo passo no uso de sistemas mais sustentáveis no transporte de cargas.

"O objetivo das empresas é a transição para um sistema de transporte mais sustentável. A Scania vem liderando esta transformação. Para nós, não existe apenas um modelo sustentável e cada país adotará as tecnologias que melhor se encaixam em sua realidade. Para o Brasil, o 'Aqui e Agora' é o caminhão movido a GNV e/ou biometano", diz Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil. "A Scania está empenhada em apoiar seus clientes com soluções rentáveis que contribuam com a sustentabilidade nos âmbitos econômico, ambiental e social."

"A parceria com a Scania Brasdiesel começou em 2010 com a compra de dois modelos, G 400 e P 310. Os caminhões Scania são muito bons, de excelente rendimento. Depois que a Scania lançou o modelo a gás, em 2018, a equipe da concessionária nos apresentou a solução", explica Flavio Aluísio Rudiger, diretor de Logística e Transportes do Grupo Charrua.

"É um prazer enorme ser o primeiro cliente do Sul a receber essa nova tecnologia da Scania, tanto pela economia como pela questão ambiental, com a redução das emissões de CO2. O fato da distribuidora do gás ser a primeira empresa do Grupo Charrua, mostra que somos pioneiros no que fazemos. Acredito que depois virão mais caminhões", salienta Rudiger.

Redação
Deixe seu Recado