AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Cana

Safra de cana movimentará R$ 32 bi na região de Ribeirão

A Cidade
26-Mar-2012 08:35 - Atualizado em 20/04/2016 14:43

A safra da cana-de-açúcar, que começa em abril e segue até dezembro, deverá movimentar pelo menos R$ 32 bilhões na economia na região de Ribeirão Preto.

Esse montante corresponde a 20 vezes todo o orçamento previsto para 2012 em Ribeirão, de R$ 1,5 bilhão, e a 112 vezes toda a arrecadação de Sertãozinho, cidade com cinco usinas e destilarias e a maior concentração de fábricas do setor da região.

Segundo o professor de estratégia da FEA/USP, Marcos Fava Neves, os preços da cana devem ser ligeiramente superiores neste ano, o que deve trazer recursos para as cidades canavieiras, com repasses financeiros no comércio, indústria, setor de serviços e imobiliário.

"Todos os setores devem sempre torcer para que tenhamos uma boa safra e remuneradora porque uma parte acaba indo nas mãos desses segmentos", explica.

Até dezembro próximo, quando começa a entressafra, a região, uma das maiores produtoras do país, deve movimentar o comércio e os prestadores de serviços em Ribeirão Preto.

A cidade tem potencial de 3,6 milhões de consumidores em um raio de 100 quilômetros.

Operação - Conforme a União da Indústria da Cana de Açúcar (Unica), entidade que representa 143 usinas no Centro-Sul, 33 das associadas ficam na região e outras 14 unidades processadoras estão em operação.

A região responde por 29% do total da produção em São Paulo, Estado que representa 63% de tudo o que é produzido em cana na área.

Valor deverá registrar alta - Na safra 2011/2012, a Centro-Sul produziu 494,5 milhões de toneladas de cana processada para fabricar etanol e açúcar. Apenas em volume de cana, atualmente cotada a R$ 65 ,podendo chegar a R$ 80, o montante é de R$ 7,2 bilhões somente com o pagamento da tonelagem.

Nessa conta somam o pagamento da produção de etanol, remunerado a R$ 1,20 o litro para o produtor, e o açúcar, cotado como commodity no mercado externo.

Em 2012/2013, pelos cálculos do professor da FEA, a safra deve ser igual ou 5% inferior à do ano passado.

Segundo a Unica, a queda frente à safra de 2011/2012 na região Centro-Sul foi de cerca de 10% em razão da estiagem, das geadas e da falta de investimentos nos canaviais depois da crise de 2008 e 2009.

Com a estiagem deste ano, regiões produtoras, como São Paulo, podem ser prejudicadas com a qualidade da cana no início da safra, mas as chuvas previstas entre julho e outubro podem recuperar as lavouras no fim da safra.

Assuntos do Momento

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia
30 de Junho de 2022
Energia Limpa

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia

Macaé converte o gás metano, tóxico para a atmosfera, em energia limpa. Inauguração da usina faz parte do Mês do Meio Ambiente

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia
04 de Julho de 2022
Autossuficiência

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia

Geração de energia por esse tipo de recurso, que pode ser obtida por diferentes matérias-primas, conta com financiamento garantido pelo Banco da Amazônia, podendo atender empresas e comunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros
04 de Julho de 2022
Oportunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros

Há chances para estudantes de diversas áreas interessados nos Programas de Estágio ou Jovem Aprendiz da empresa

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis
04 de Julho de 2022
Solar

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis

Facilidades de financiamento a partir de bancos e cooperativas são vantagens estratégicas que ampliam potencial de crescimento

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco
04 de Julho de 2022
Eólica

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco

O novo empreendimento de energia eólica na região de Pernambuco contará com 19 turbinas V150-4,5MW que a Vestas fornecerá e instalará na região

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035
30 de Junho de 2022
Carbono Neutro

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035

A proposta da Comissão Europeia deve contribuir para alcançar os objetivos climáticos do continente, em particular a neutralidade carbônica no horizonte de 2050

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade