AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Educação

PUC do Rio Grande do Sul oferece especialização em energias renováveis

Biomassa BR
16-Jan-2012 12:04 - Atualizado em 20/04/2016 14:42

A crescente demanda por energia elétrica e o avanço das fontes renováveis no País abriu um novo leque de oportunidades para os profissionais que já estão na área e buscam aperfeiçoamento. A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), por exemplo, abriu inscrições para um curso de especialização em energias renováveis, com foco nas áreas de solar, eólica e de matéria orgânica -biomassa e biocombustível.

A decisão de incluir o curso no grade da PUC-RS se deu, primeiramente, por conta do avanço do Rio Grande do Sul em fontes alternativas de energia limpa e, depois, pelo grande interesse dos profissionais de várias áreas para esse setor, segundo a coordenadora do curso, Aline Cristiane Pan. "Nós temos muitos parques eólicos e somos referência em biomassa. Além do mais, muitas empresas de energia elétrica estão exigindo de seus profissionais uma especialização. Levando em consideração o avanço do setor, principalmente na Europa, a PUC definiu esta especialização".

O curso, que é pioneiro no País, é semipresencial e terá carga de 360 horas. Serão 13 discplinas que apresentarão assuntos como economia ambiental, desenvolvimento sustentável e legislação nacional e internacional. O público alvo, inicialmente, é de engenheiros, físicos, químicos e demais profissionais de áreas afins.

"As aulas serão ministradas em três dias da semana, o restante é a distância. A partir daí, a PUC, que planeja tudo com muito cuidado, estuda a possibilidade de criar, quem sabe num futuro próximo, o curso de graduação na área de renováveis. Essa especialização será o nosso termômetro e deve priorizar quais os objetivos vamos seguir. Depois quem sabe, mestrado e doutorado", explica Aline.

A coordenadora, que é doutora no setor pela Universidade Politécnica de Madri, destaca o crescimento dos cursos voltados a energias renováveis na Europa ao longo dos últimos dez anos. "Aqui no Brasil não é diferente. Nós realizamos um curso de 20 horas e a procura foi muito grande . Levamos em conta também que o governo federal incentiva as fontes renováveis e este é o grande momento do País", finaliza.

Ao todo serão 40 vagas e as inscrições podem ser feitas até o dia 20 de março de 2012 por meio do site da instituição.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade