AveSui2021
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Investimento

Projeto prevê a instalação de 15 usinas solares em Minas Gerais

startup capixaba CleanClic, plataforma de compensação de energia renovável, integra um projeto de R$ 110 milhões para a construção de 15 usinas fotovoltaicas compartilhadas e uma central hidrelétrica no Norte do Estado.

Redação
25-Fev-2021 10:05

Minas Gerais não para de receber aportes em energia solar. Desta vez, a startup capixaba CleanClic, plataforma de compensação de energia renovável, integra um projeto de R$ 110 milhões para a construção de 15 usinas fotovoltaicas compartilhadas e uma central hidrelétrica no Norte do Estado.

Os empreendimentos se encontram nos municípios de Porteirinha, Itaobim, Muzambinho, Montes Claros, Carmo do Paranaíba e Prudente de Morais e contam com investimentos do Sicoob Espírito Santo, da mineira Detronic (especializada em terraplenagem, demolição e desmontes) e da Fortlev Solar (braço da gigante Fortlev voltado para o setor de energia solar).

De acordo com o CEO da CleanClic, Vitor Romero, a plataforma conecta pessoas a usinas de energia renovável, democratizando o acesso à energia limpa e mais barata, sem a necessidade de instalação ou obras.

Segundo ele, isso é possível por meio de parcerias com usinas de energia renovável dentro da área de concessão dos usuários. Tudo o que elas produzem é lançado na rede da distribuidora de energia local, chegando até o usuário pelos meios convencionais, sem necessidade de nenhum tipo de instalação.

“Somos responsáveis pela gestão facilitada de toda a cadeia de distribuição dos créditos de energia, conectando usina, distribuidora e usuário. Para quem deseja economia na conta de luz, que pode chegar a 20%, a solução não é somente mais econômica, mas uma possibilidade de ter energia solar ou de qualquer outra fonte renovável sem surpresas com taxas e tarifas, uma vez que com o sistema de energia solar o consumidor fica livre dos aumentos como o da bandeira vermelha, por exemplo”, explicou.

Toda a gestão dessa cadeia fica por conta da CleanClic e o consumidor pode acompanhar seu consumo pela plataforma on-line.

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade