Guia Gessulli
03-Set-2019 09:01
Mobilidade

Primeiros clientes do Jaguar I-PACE, SUV 100% elétrico, começam a receber certificados de energia renovável da ZEG

Como forma de garantir a procedência da energia totalmente renovável para o I-PACE, a ZEG está fornecendo o montante energético equivalente ao consumo de 250 carros por oito anos

Energia totalmente limpa. Esse é o compromisso que a Jaguar, empresa britânica de veículos de luxo, e a ZEG, empresa do Grupo Capitale dedicada exclusivamente à geração de energia renovável, assumiram durante a chegada do I-PACE, SUV 100% elétrico da Jaguar.

A parceria entre as empresas garante que as primeiras 250 unidades do I-PACE comercializadas no Brasil serão movidas a energia totalmente limpa e renovável, pelos próximos oito anos. E os primeiros clientes do modelo começam a receber nesta semana os certificados da ZEG que garantem que esse compromisso está sendo cumprido.

Como forma de garantir a procedência da energia totalmente renovável para o I-PACE, a ZEG está fornecendo o montante energético equivalente ao consumo de 250 carros por oito anos ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Para atender à demanda, a companhia vai gerar, por ano, 1,25 GWh de energia limpa a partir das fontes solar, hídrica, biogás e de resíduos sólidos. Tal energia terá a certificação do I-REC, sistema global de certificação de energia renovável.

Com isso, os proprietários de cada um desses veículos poderão conferir os documentos que atestam a origem da energia que os recarrega, uma vez que essa energia estará atrelada ao número de chassi desses modelos.

“Nosso clientes passam agora a saber que a energia elétrica que move o seu I-PACE é gerada por um meio 100% limpo. E esse é um passo importantíssimo neste início da era elétrica do automóvel”, afirma Divanildo Albuquerque, diretor geral da Jaguar Land Rover no Brasil.   

“O I-PACE antecipa para hoje o futuro da Jaguar Land Rover, ao oferecer total eficiência, design, desempenho e zero emissão de poluentes”, complementa o executivo.

Já para o presidente da ZEG, Daniel Rossi, “é preciso confluir a consolidação do carro elétrico com o fomento à geração de energia limpa. O fornecimento é um pontapé inicial para aprimorar o abastecimento elétrico de veículos, assim como a ZEG tem dado outros passos em outros mercados parar a substituição de combustíveis fósseis e para garantir o direito de escolha do consumidor por energia limpa”.

 

Redação
Deixe seu Recado