Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Inovação

Pneu de soja chega desafiando a concorrência

Pesquisa começou buscando sustentabilidade, mas acabou obtendo um pneu macio e adaptado às intempéries

Gazeta do Povo
06-Set-2017 14:46

, Gazeta do Povo
.Gazeta do Povo
Neste mês de setembro começa a chegar às lojas norte-americanas a primeira linha de pneus à base de óleo de soja, resultado de pesquisa de seis anos da multinacional Goodyear em parceria com a United Soybean Board (espécie de Conselho dos Produtores de Soja dos Estados Unidos). O pneu cria um mercado completamente novo para a leguminosa, o que pode levar a aumento da demanda e melhores preços para os produtores rurais.

O interesse da Goodyear na fabricação do “pneu de soja” começou por questões de sustentabilidade, mas a pesquisa trouxe à tona um produto com qualidades superiores e altamente competitivo. O composto borracha e óleo de soja resultou em um pneu que permanece macio mesmo em condições climáticas adversas, garantindo melhor aderência e tração esteja o tempo seco, úmido ou frio. Daí a razão do nome comercial, WeatherReady – pronto para o clima. Ao fim, o pneu se revelou mais sustentável, econômico, neutro em carbono e totalmente renovável.

“Quando começamos a pesquisa conjunta, há seis anos, a ideia era apenas encontrar uma nova demanda para o óleo de soja. Agora temos um pneu que mostra do que a soja é capaz na estrada”, diz John Motter, presidente da United Soybean Board que também é produtor rural em Jenera, no estado de Ohio.

A borracha com óleo de soja se mistura mais facilmente aos compostos reforçados com sílica, item muito utilizado em pneus com baixa resistência ao rolamento, reduzindo o consumo de energia na fabricação.

“Em termos de tração, é o melhor pneu que já fabricamos”, afirma Ryan Peterson, presidente da Goodyear nos Estados Unidos. O apelo comercial do pneu é particularmente forte no hemisfério Norte, já que apresenta desempenho superior em aceleração, desaceleração e frenagem sobre a neve, e mantém mais estável também em curvas com pista molhada.

O pneu de soja da Goodyear está disponível no mercado norte-americano em 40 tamanhos e tipos, e pode ser usado em 77% dos modelos de carros, minivans e SUVs, incluindo marcas como Chevrolet, Ford, Honda e Toyota.

A busca de novos usos para as commoditiesagrícolas, como soja e milho, é estratégica para o setor devido aos consecutivos recordes de produção. Atualmente, 15 milhões de toneladas de soja são destinadas por ano à produção de biodiesel no Brasil. No mês passado, Mato Grosso inaugurou a primeira usina 100% de etanol de milho.

A pesquisa para chegar ao pneu de soja teve acompanhamento, supervisão e apoio financeiro do Conselho dos Produtores de Soja dos Estados Unidos. Contatada, a Goodyear informou que ainda não há data prevista para lançamento do pneu no Brasil.

Assuntos do Momento

Fontes solar e eólica terão mais espaço na geração de energia do Brasil
25 de Janeiro de 2022
Fonte Renovável

Fontes solar e eólica terão mais espaço na geração de energia do Brasil

As informações constam na minuta do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) 2031, que foi colocada em consulta pública nesta segunda-feira (24/01).

Sicredi faz emissão de Green Bond subordinado de USD 100 mi para financiar projetos de energia renovável
26 de Janeiro de 2022
Green Bond

Sicredi faz emissão de Green Bond subordinado de USD 100 mi para financiar projetos de energia renovável

A emissão feita junto ao BID Invest, membro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), foi no valor de USD 100 milhões

Mudanças no processo de geração de energia causam "inflação verde", que pode se estender por anos
26 de Janeiro de 2022
Transição

Mudanças no processo de geração de energia causam "inflação verde", que pode se estender por anos

Carla Argenta explicou que estamos em meio à transição energética e que processo não é simples

Assinantes de energia solar adotam dispositivo de inteligência artificial para evitar desperdício e reduzir consumo
24 de Janeiro de 2022
Tecnologia

Assinantes de energia solar adotam dispositivo de inteligência artificial para evitar desperdício e reduzir consumo

Tecnologia já é utilizada em várias residências e empresas do Interior de SP e ajuda a reduzir em cerca de 15% consumo de eletricidade

Ministro do MCTI conhece projeto de fábrica brasileira de placas solares
27 de Janeiro de 2022
Investimento

Ministro do MCTI conhece projeto de fábrica brasileira de placas solares

Em audiência, representantes de empresa apresentaram projeto de produção de módulos fotovoltaicos no país, que pode contar com apoio do PADIS

UEMS/Mundo Novo tem projeto de R$ 674 mil aprovado no edital MS Carbono Neutro
24 de Janeiro de 2022
Biometano

UEMS/Mundo Novo tem projeto de R$ 674 mil aprovado no edital MS Carbono Neutro

O projeto, que será coordenado pelo professor Dr. Leandro Fleck, obteve nota final de 9,70 e garantiu a maior pontuação dentre todas as propostas aprovadas, além disso teve o segundo maior recurso financeiro obtido

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade