Guia Gessulli
31-Mai-2019 11:43 - Atualizado em 31/05/2019 11:55
Evento

Matriz elétrica diversificada como a do Brasil é motivo de orgulho, diz secretário

Durante evento, foram discutidas possibilidades que a fonte eólica tem para armazenar energia 

O secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME), Ricardo Cyrino, participou hoje, 29, do painel “Ventos do Futuro: conjuntura econômica, contratações, mercado livre e maior participação da energia eólica na matriz elétrica” no evento Brazil Windpower, em São Paulo. Cyrino destacou a “importância de uma matriz elétrica diversificada como a do Brasil, o que é um motivo de orgulho para todos”.

Durante o evento, foram discutidas possibilidades que a fonte eólica tem para armazenar energia através de transmissão e de armazenamento nos reservatórias de hidrelétricas, em composição de parques híbridos com tecnologia de armazenamento de energia em baterias e de parques híbridos solar e eólico. “Essa é uma realidade que já existe em outros países e nós pretendemos trazer para o Brasil”, reiterou.

O secretário também falou sobre a expansão do mercado livre, e principalmente, dos desafios da modernização do setor elétrico em seus três pilares: abertura de mercado, sustentabilidade da expansão e alocação de custos e riscos.

Participaram o painel o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata, o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Sandoval Feitosa, o presidente da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Rui Altieri, o diretor de Energia Elétrica da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Erik Eduardo Rego. O presidente do Conselho de Administração da ABEEólica, Renato Volponi, foi o moderador do painel.

Redação
Deixe seu Recado