AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Cidade Zero Carbono

Lista de startups selecionadas da "Cidade Zero Carbono" é divulgada

O programa é uma iniciativa do Senai Cimatec e da Prefeitura de Salvador

Redação com informações de Bahia de Valor
03-Mar-2022 10:10

Chamada Cidade Zero Carbono já tem as startups aprovadas e suas indústrias demandantes que seguem para a fase de contratação.

O programa é uma iniciativa do Senai Cimatec e da Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência (Secis) e de Inovação e Tecnologia (Semit). 

“Fortalecer a relação de startups com empresas, que buscam desenvolver um planejamento estratégico baseado no avanço social e sustentável, é um dos intuitos da nossa gestão. Quando levamos a sério o conceito da sustentabilidade, todos têm a ganhar, pois atingimos o desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e proteção ambiental”, pontuou Vânia Almeida, secretária em exercício da Secis.

A Chamada Cidade Zero Carbono surgiu com o objetivo de criar pontes entre indústrias e startups para alcançar um objetivo ambiental importante: reduzir até alcançar a neutralização das taxas de emissão de CO² na atmosfera.

Na recente etapa do programa, que teve a chamada lançada em setembro do ano passado, as startups enfrentaram desafios indicados pelas indústrias para apresentar soluções para alcançar carbono neutro, que significa calcular o total das emissões, reduzir onde é possível e balancear o restante das emissões através da compensação.

Para Flávio Marinho, gerente executivo de Inovação e Tecnologia do Senai Cimatec, “quando demandas e ofertas inovadoras voltadas à descarbonização do planeta se encontram, só podemos esperar resultados animadores”.

Próxima etapa

Na fase seguinte, que será de execução, os projetos resultantes da conexão entre demandantes e ofertantes receberão aporte financeiro não reembolsável para realização da Prova de Conceito, com duração de até seis meses.

As etapas da próxima fase começam com reuniões de acompanhamento entre a empresa ofertante, a indústria demandante e o Comitê Gestor da Chamada, para acompanhamento da execução; apresentação técnica final para a Indústria demandante; a indústria e a empresa deverão se comprometer com o envolvimento de um representante responsável pela iniciativa nas atividades previstas, caso o Comitê Gestor da Chamada julgue haver.

Ao final das etapas, cada projeto resultante da conexão poderá ser financiado com recursos que totalizam até R$200 mil. Desse valor, a Prefeitura de Salvador poderá financiar até R$50 mil, a serem aplicados na concessão de bolsas para atuação na execução das atividades dos projetos.

Confira todos os detalhes no regulamento no site https://static.portaldaindustria.com.br/media/filer_public/a1/f0/a1f07d34-bf46-4006-81ed-b6d2e3475381/regulamento_cidade_zero_carbono.pdf.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade