Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Net Zero 2040

JBS e DSM fazem parceria para reduzir as emissões de metano na cadeia bovina

A JBS, maior empresa de proteína do mundo, agrega à sua cadeia de valor suplemento alimentar que reduz emissões entéricas de bovinos

Redação com informações de JBS
05-Nov-2021 08:17

A JBS, segunda maior companhia de alimentos do mundo e líder em proteína, firmou parceria com a Royal DSM, empresa global movida por propósito, das áreas de saúde, nutrição e biociência, para implementar um projeto com a meta de reduzir a emissão de metano entérico bovino em escala mundial. Para alcançar o objetivo, a JBS utilizará o Bovaer®, suplemento nutricional desenvolvido pela DSM para melhorar consideravelmente a pegada de gases de efeito estufa na cadeia de valor da produção de carne bovina. O acordo foi assinado na COP26, em Glasgow, na Escócia.

Segundo a DSM, o desenvolvimento do Bovaer® transcorreu por mais de 10 anos, por meio de 45 testes de longa duração em fazendas, em 13 países espalhados por 4 continentes, o que resultou em mais de 48 estudos publicados em revistas científicas independentes. No início de setembro de 2021, o Brasil foi o primeiro mercado a conceder a aprovação regulatória total para o Bovaer®.

O Bovaer® é adicionado à alimentação dos animais, com potencial de reduzir em até 90% as emissões entéricas de metano, como comprovado recentemente em um estudo australiano de confinamento de carne bovina. Um quarto de colher de chá do aditivo ao dia, por animal, inibe a enzima que ativa a produção do gás metano no estômago do ruminante. Segundo a DSM, o efeito é imediato e, se o uso for interrompido, a emissão de gases é retomada integralmente. A DSM e a JBS vão desenvolver em conjunto o plano de implementação do Bovaer® na cadeia produtiva. O objetivo é promover uma transição da indústria global de carne bovina, liderada pela JBS, para obter, via nutrição, um caminho seguro para reduzir as emissões de metano.

“A estratégia de negócios da JBS é a sustentabilidade. Estamos desenvolvendo um grande plano de ação para a redução de toda a pegada de carbono da Companhia, e essa parceria com a DSM vai contribuir não só com nossos planos, mas com todo o setor nesta complexa questão das emissões de metano”, diz Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS.

Dimitri de Vreeze, Co-CEO e membro do Conselho de Administração da Royal DSM acrescenta: “A DSM está muito satisfeita por trabalhar com a JBS no Bovaer®. Agora podemos realmente começar a criar um impacto no Brasil, o que é uma notícia empolgante, principalmente no contexto da COP26, onde a importância de uma ação climática rápida por meio da redução das emissões de metano é enfatizada novamente. Estamos ansiosos para oferecer uma solução eficaz e cientificamente comprovada para o desafio das emissões de metano pela agropecuária. Como os sistemas alimentares e a crise climática estão intrinsecamente ligados, é fundamental enfrentar o desafio da pecuária sustentável para um planeta saudável.”

Para alcançar essa meta em escala global, a JBS e a DSM definiram um cenário de ponta a ponta para desenvolver, construir e testar o suplemento nas operações da JBS. Inicialmente, o suplemento nutricional será fornecido para bovinos confinados. Após seis meses, os testes serão expandidos para um segundo mercado, que pode ser a Austrália ou os Estados Unidos, duas das maiores operações da JBS no mundo.

O plano contempla o desenvolvimento de metodologias para criar ferramentas de avaliação ao longo de todo o ciclo da cadeia da JBS, com a participação técnica de instituições acadêmicas e de pesquisa.

Compromisso Net Zero 2040

Essa parceria com a DSM para a redução do metano na cadeia de valor faz parte de um plano maior. Em março deste ano, a JBS assumiu o compromisso Net Zero 2040, ou seja, de zerar o balanço líquido de suas emissões de gases causadores de efeito estufa até 2040.

Entre as ações para atingir o Net Zero, a JBS está investindo US$ 1 bilhão até 2030 para descarbonizar todas as operações diretas e indiretas e mais US$ 100 milhões em pesquisa para desenvolver soluções que tornem a agropecuária cada vez mais sustentável. A Companhia também atrelará o bônus dos executivos às metas climáticas. 

Para a redução do metano na cadeia da pecuária, a JBS tem trabalhado também com outras soluções, como uma em parceria com o Instituto de Zootecnia da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Assuntos do Momento

Fontes solar e eólica terão mais espaço na geração de energia do Brasil
25 de Janeiro de 2022
Fonte Renovável

Fontes solar e eólica terão mais espaço na geração de energia do Brasil

As informações constam na minuta do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) 2031, que foi colocada em consulta pública nesta segunda-feira (24/01).

Sicredi faz emissão de Green Bond subordinado de USD 100 mi para financiar projetos de energia renovável
26 de Janeiro de 2022
Green Bond

Sicredi faz emissão de Green Bond subordinado de USD 100 mi para financiar projetos de energia renovável

A emissão feita junto ao BID Invest, membro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), foi no valor de USD 100 milhões

Mudanças no processo de geração de energia causam "inflação verde", que pode se estender por anos
26 de Janeiro de 2022
Transição

Mudanças no processo de geração de energia causam "inflação verde", que pode se estender por anos

Carla Argenta explicou que estamos em meio à transição energética e que processo não é simples

Assinantes de energia solar adotam dispositivo de inteligência artificial para evitar desperdício e reduzir consumo
24 de Janeiro de 2022
Tecnologia

Assinantes de energia solar adotam dispositivo de inteligência artificial para evitar desperdício e reduzir consumo

Tecnologia já é utilizada em várias residências e empresas do Interior de SP e ajuda a reduzir em cerca de 15% consumo de eletricidade

Ministro do MCTI conhece projeto de fábrica brasileira de placas solares
27 de Janeiro de 2022
Investimento

Ministro do MCTI conhece projeto de fábrica brasileira de placas solares

Em audiência, representantes de empresa apresentaram projeto de produção de módulos fotovoltaicos no país, que pode contar com apoio do PADIS

UEMS/Mundo Novo tem projeto de R$ 674 mil aprovado no edital MS Carbono Neutro
24 de Janeiro de 2022
Biometano

UEMS/Mundo Novo tem projeto de R$ 674 mil aprovado no edital MS Carbono Neutro

O projeto, que será coordenado pelo professor Dr. Leandro Fleck, obteve nota final de 9,70 e garantiu a maior pontuação dentre todas as propostas aprovadas, além disso teve o segundo maior recurso financeiro obtido

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade