Guia Gessulli
03-Jan-2020 13:46
Energia Limpa

Hospital São Francisco de Assis vai economizar mais de R$ 19 mil por ano com usina de energia solar

Instituição fica na cidade de Parobé, na região do Vale do Rio do Sinos, no Rio Grande do Sul, e terá sistema fotovoltaico instalado por meio de um contrato com a RGE Sul

O Hospital São Francisco de Assis, da cidade de Parobé, na região do Vale do Rio do Sinos, no Rio Grande do Sul, decidiu instalar uma usina de energia solar fotovoltaica no empreendimento. Com essa ideia, pretende economizar R$ 19 mil por ano em sua conta de energia elétrica.

“A usina terá capacidade para gerar 50 MWh por ano, o equivalente a 5% de todo o consumo de energia da instituição”, afirma Odair Deters, coordenador do Programa de Eficiência Energética da RGE. A RGE Sul será a concessionária responsável pela análise da instalação, com o objetivo de avaliar os resultados e realizar os devidos ajustes necessários.

A usina deve entrar em operação dentro de algumas semanas e terá um sistema com capacidade instalada de 39 kWp (quilo-watt pico). Para que todo o processo de instalação da usina seja realizado foi necessário reformar o telhado do Hospital, para que a nova estrutura aguentasse a instalação das placas fotovoltaicas.

O Hospital decidiu ainda trocar as lâmpadas do sistema de iluminação interna, colocando lâmpadas LED que são até 80% mais econômicas que as antigas e têm vida útil de cerca de 25 mil horas. “Este é o objetivo desta ação do Programa de Eficiência Energética: modernizar o cenário energético do hospital”, destaca Deters.

Para realizar todo esse processo foram investidos R$ 189,3 mil, sem considerar a reforma no telhado, além de 171 lâmpadas, que foram substituídas pela tecnologia LED, no prédio da instituição, investimento esse realizado por meio de um contrato com a RGE Sul.

“Esta instituição presta um serviço de extrema importância à região. Para a RGE é gratificante poder contribuir para a melhoria na qualidade do serviço prestado à comunidade de Parobé e da região, que são atendidas pelo hospital. Com a economia gerada, a instituição terá a possibilidade de investir parte da verba que antes era destinada à conta de luz para outros setores e outras necessidades internas”, comenta Elisandra Castro, consultora de Negócios da RGE.

Desde sua criação, o Hospital São Francisco de Assis tem profundas raízes na solidariedade da comunidade de Parobé. Atualmente, conta com uma estrutura de 99 leitos, distribuídas nas áreas de internação clínica, pediatria, obstetrícia e clínica cirúrgica. Atende não somente os munícipes de Parobé, como também os demais da região 6 da 1ª Coordenadoria Regional de Saúde, além de Araricá e de outros municípios do entorno. Os recursos para custeio do hospital são oriundos do Sistema Único de Saúde.

Em 2013, o HSFA conquistou seu Certificado de Filantropia – CEBAS, um importante marco para a história do hospital. Em 2014, iniciou um grande projeto de modernização do hospital, com remodelação toda da fachada, recepção, acolhimento e instalação de uma cafeteria.

Após um período de 8 anos sob administração do município de Parobé, em 2016 a gestão da entidade foi devolvida à Associação Beneficente de Parobé.

Portal Solar
Deixe seu Recado