Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mobilidade

Grupo Equatorial lança seu primeiro Projeto de Mobilidade Elétrica em Teresina

Capital do Piauí ganhará primeira estação de carregamento e posto de acomodação para bicicletas e carros elétricos; convênio foi assinado com a Prefeitura do Município

Redação, com informações assessoria
28-Mai-2021 08:28

A capital Teresina, no Piauí, vai receber o primeiro Projeto de Mobilidade Elétrica do Grupo Equatorial Energia no estado. A empresa formalizou uma parceria com a Prefeitura Municipal de Teresina para a instalação de uma estação de carregamento e um posto de acomodação para bicicletas e carros elétricos na cidade. A novidade é uma iniciativa do Grupo Equatorial por meio do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O projeto, que está previsto para inaugurar em novembro deste ano, conta com o investimento de outras nove empresas do setor elétrico, representadas pela Global Participações em Energia. O valor total do projeto em cinco estados é de aproximadamente R$ 19 milhões. 

A solenidade de assinatura do convênio foi realizada na manhã desta quarta-feira, 26 de maio, no Palácio da Cidade, com público restrito, seguindo todos os protocolos sanitários para garantir a segurança dos participantes, diante do cenário de pandemia. O evento contou com a presença do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa; do presidente da Equatorial Piauí, Maurício Velloso; do superintendente da Regional Metropolitana da Equatorial Piauí, Cosme Cezário; do engenheiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Equatorial Energia, Lucas Pinheiro; do vice-prefeito e secretário de Finanças, Robert Rios; da secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Elizabeth Sá, além de outros representantes da gestão municipal e da distribuidora de energia. 

“A iniciativa faz parte do nosso programa de pesquisa e desenvolvimento, bem como da política de sustentabilidade e eficiência energética do Grupo Equatorial. Por meio do projeto, pretendemos promover o uso sustentável da energia associado aos meios de transporte, incentivar a redução de impactos ambientais causados pelos combustíveis fósseis e fomentar a qualidade de vida da comunidade através do uso dos equipamentos disponibilizados para o lazer”, afirma Maurício Velloso, presidente da Equatorial Piauí. 

“É um momento de agradecimento à Equatorial Energia por terem escolhido Teresina para o início desse projeto de inovação tecnológica. A cidade está de braços abertos para empresas que buscam investir na capital. Queremos avançar, cada vez mais, no sentido de beneficiar o PIB da cidade com ações sociais, promovendo iniciativas sustentáveis, como esta firmada hoje, com o projeto de mobilidade elétrica”, disse o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, durante o lançamento. 

A estação de carregamento e o posto para bicicletas elétricas serão instalados pela Equatorial no Parque da Cidadania, no centro da capital piauiense. O objetivo do projeto é avaliar o uso de veículos elétricos pela comunidade frente ao cenário atual de mobilidade urbana. Para isso, dez bicicletas elétricas serão disponibilizadas para uso da população, como alternativa de locomoção e lazer, na forma de compartilhamento via aplicativo de celular. Além disso, um carro elétrico será doado e ficará a cargo do poder público para ronda policial no local onde a iniciativa será implementada.    

O parque da Cidadania é um antigo ponto de encontro e lazer da população de Teresina. Com uma área de 8 mil m², ele dispõe de equipamentos de academia para os visitantes, playground para as crianças, espaço para caminhada ou corrida, além de pista de skate e anfiteatro para apresentações artísticas. Ele funciona diariamente até as 22h, com entrada gratuita.   

Mobilidade elétrica em outros estados 

O investimento também levará o projeto para as demais distribuidoras da Equatorial Energia no Maranhão, Pará e Alagoas e, também, para o Campus da UFMS, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Todas as cinco capitais receberão, ainda em 2021, a mesma quantidade de carros e bicicletas, além da instalação de uma estação de carregamento e de um posto de acomodação para bicicletas e carros elétricos.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade