Guia Gessulli
31-Out-2018 14:48
Bioenergia

Geração de energia a biomassa cresce 58% em MS

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elérica (Aneel) existem 29 usinas termelétricas  gerando energia a partir da biomassa no Estado.

Além de vários destaques na produção agrícola, Mato Grosso do Sul, está aumentando o potencial produtivo, na geração de energia elétrica, a partir da biomassa de resíduos como cana-de-açúcar e eucalipto.

O crescimento chegou a 58%, colocando o estado na 2ª posição nacional dos maiores geradores desse tipo de energia. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elérica (Aneel) existem 29 usinas termelétricas  gerando energia a partir da biomassa no Estado.

Além disso, outra informação importante,  divulgada pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), ressalta que em 2014 a  produção das usinas movidas à biomassa em Mato Grosso do Sul foi de 285,5 MW médios.

Diante desse cenário, a geração de energia nessa modalidade subiu gradativamente nos anos seguintes e fechou o primeiro semestre deste ano com 451,2 MW médios (crescimento de 58% em comparação com 2014).

O número deve crescer ainda mais até o fechamento de 2018 devido à safra de cana-de-açúcar, principal combustível utilizado na geração da biomassa em todo o País. Além de ser o segundo maior produtor, o Estado também ocupa a segunda posição em termos de capacidade instalada de bioenergia, com 1.904,8 MW médios até o último balanço da CCEE, do mês de junho.

 

 

Correio do Estado
Deixe seu Recado