AveSui 2020
19-Mai-2015 10:41 - Atualizado em 20/04/2016 14:54
FIPPPA 2015

FIPPPA 2015 movimenta R$ 400 milhões em negócios

Evento contou com a presença de 17,5 mil visitantes nos três dias e garantiu o acesso do público a avançadas tecnologias do agronegócio; estrangeiros e pesquisadores impulsionaram a feira.

Com estimativa de R$ 400 milhões em negócios movimentados e 17,5 mil visitantes entre os dias 28 e 30 de abril, a FIPPPA - Feira Internacional de Produção e Processamento de Proteína Animal 2015 conquistou público, empresários e produtores, promovendo interação entre novas tecnologias e produção técnico-científica. A parceria entre a G5 Promotrade e a Gessulli Agribusiness conseguiu formatar um evento que fosse horizontal e completo, em que todos tivessem acesso a infraestrutura e excelente localização. A próxima FIPPPA está prevista para ocorrer em maio de 2017. 

Para Andrea Gessulli, uma das organizadoras da FIPPPA, o diferencial da feira foi conseguir mesclar produtos e serviços dos expositores com conhecimento oriundo dos palestrantes. "Contamos com as maiores referências dos setores de carne e leite, tanto do Brasil como do exterior, com um trabalho inovador e que buscasse transformar a realidade dos visitantes e dos empresários". Rubens Zago, também organizador da feira, lembrou que não há crise para quem investe em tecnologia, informação e estrutura. "O agronegócio é um dos últimos a sentir alguma oscilação do mercado, quando sente, pois ele é a base da economia nacional, promove o que existe de mais revolucionário em mecanização e otimização da produção e consegue democratizar o acesso aos alimentos, tornando acessível ao mercado consumidor". 

Os diferenciais da FIPPPA 2015 para a grande atração de público e empresários foi a organização, a infraestrutura do ambiente e a localização da feira, já que está a um raio de 400 quilômetros das maiores indústrias frigoríficas do Brasil (Sudeste, Sul e Centro-Oeste) sem se afastar da imensa área produtora. 

A presença de estrangeiros (35% dos expositores), com destaque aos chineses, e dos pesquisadores e palestrantes renomados consolidou o evento como ambiente de discussão, troca de experiência e de cultura produtiva e empresarial. 

Confira abaixo um resumo dos três dias de evento: 

Dia 28

O "I Seminário de Políticas Públicas para o Desenvolvimento das Cadeias de Proteína Animal" levou a região metropolitana de Curitiba grandes nomes do agribusiness nacional, como João Fagundes Salomão, coordenador-geral de Pecuária da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura; Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA); Marcelo Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS); Ariovaldo Zani, vice-presidente executivo do Sindirações; e Fernando Pereira, presidente da Agroceres. A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) ainda registrou presença com a palestra "Ações de inibição e combate a fraudes", com o Fernando Freiberger, fiscal federal agropecuário do Ministério da Agricultura. O dia também foi marcado pelo Prêmio Instituto Oswaldo Gessulli, que desde 2012 reconhece a cultura e o conhecimento técnico e científico do agronegócio no Brasil. 

Dia 29

Caravanas da Associação dos Avicultores do Sudoeste do Paraná, Brasil Foods, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Universidade Federal do Paraná, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Universidade Tuiuti do Paraná, Associação Brasileira de Reciclagem Animal e Instituto Federal de Camburiú movimentaram os corredores do Expotrade Convention Center. Outro diferencial foi a participação do professor Rodrigo Tarté, da Iowa State University, que palestrou no seminário sobre ingredientes e aditivos utilizados para ressaltar sabor, textura e outras características dos alimentos à base de carne. Além disso, o professor do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (MG), Márvio Lobão Teixeira de Abreu, explicou que a qualidade da carne não fica apenas na fase de processamento e venda, mas desde a gestação dos animais. Na palestra "Processamento e Tecnologia de Produtos de Origem Animal - Atualidades em Tecnologias Acessíveis e Cadeia de Frio com Competitividade", Vitor Frosi, gerente de Carnes da Frimesa, discorreu sobre o assunto com Henrique Roos, diretor comercial da Sulmaq. 

Dia 30

A doutora Ana Lúcia Lemos, pesquisadora do Centro de Tecnologia de Carnes (CTC/Ital), destacou a participação de expositores do exterior. Além disso, a Embrapa Suínos e Aves lançou na feira o adubo Adumax, feito a partir de dejetos suínos, além do aplicativo Salmonelômetro, que analisa os fatores de riscos de salmonela em granjas de suínos. O "II Seminário de Ciência, Tecnologia e Inovações para a Indústria de Carnes" repetiu o sucesso do dia 29 e lotou o auditório, propondo interessantes discussões entre indústria e academia sobre aditivos, qualidade, sanidade e sustentabilidade da cadeia alimentícia cárnea. Outra discussão que chamou a atenção do público foi a discussão colocada em pauta pela Associação Brasileira de Reciclagem Animal, que trouxe o "IV Seminário Internacional Novos Horizontes para a Reciclagem Animal".   

Toda a cobertura do evento pode ser conferida no site: www.fipppa.com.br/noticias - e também no canal da TV Gessulli no YouTube: www.youtube.com.br/tvgessulli

Sobre a FIPPPA

A FIPPPA 2015 é o resultado da união das empresas Gessulli Agribusiness e G5 Promotrade, organizadoras, respectivamente, da AveSui América Latina e Tecno Food Brazil, as duas maiores feiras latino-americanos de produção e processamento de carnes. Inaugurando no país um conceito inovador, a FIPPPA é um evento completo e horizontal que congrega todos os elos da cadeia de proteína animal, da produção ao processamento, do campo à mesa. A feira será realizada de dois em dois anos, atendendo uma antiga reivindicação de representantes dos mercados de aves, suínos e leite, que pediam um evento coeso, completo e bienal. 

Realização

G5 Promotrade
(41) 3669-8412

[email protected] 

Gessulli Agribusiness
(11) 2118-3133

[email protected]

Assessoria de Imprensa FIPPPA
Deixe seu Recado