Guia Gessulli
26-Abr-2015 17:22 - Atualizado em 20/04/2016 14:54
FIPPPA 2015

FIPPPA 2015 começa nesta terça-feira (28/04)

Feira levará ao público o que há de mais moderno na cadeia de carnes no Brasil e no exterior; mais de 200 expositores, sendo 35% de fora do país, estarão em Pinhais, região metropolitana de Curitiba (PR).

Um dos principais eventos do agronegócio brasileiro será iniciado amanhã (28). A FIPPPA 2015 - Feira Internacional de Produção e Processamento de Proteína Animal levará ao público as mais modernas e eficientes tecnologias para produção e industrialização nos segmentos de aves, suínos, bovinos e leite. 

Por ser uma feira multissetorial e criadora de sinergia entre os diversos setores produtivos, a FIPPPA tem o compromisso de apresentar inovações por completo, do campo a mesa do consumidor, com estimativa de mais de 20 mil visitantes entre nos dias 28, 29 e 30. 

Das mais de 200 empresas presentes, 35% são do exterior, provenientes de Chile, China, República Tcheca, Equador, Holanda, Alemanha, Estados Unidos, Espanha e México, ocupando uma área de 11 mil m² no Expotrade Convention Center. 

Produção científica

No evento, o Pátio do Conhecimento da Tecno Food Brazil contará com diversas empresas que são referências em técnicas para aumento da produtividade e redução de custos, além de cuidados com o meio ambiente. Destaque em atividades relacionadas à proteína animal, o Centro de Tecnologia de Carnes (CTC) - vinculado ao Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) - promoverá o II Seminário Internacional de Ciência, Tecnologia e Inovações para a Indústria de Carnes, dentro também do Pátio do Conhecimento, com uma ampla programação em que inclui palestrantes norte-americanos da indústria cárnea e especialistas do Brasil. 

O XIV Seminário Técnico Científico de Aves e Suínos será um dos pontos altos. Nele, além da tradição e experiência no trato com estudos para a melhoria do agribusiness nacional, haverá a apresentação de novidades e tendências voltadas para a cadeia de produção de proteína animal. Na programação do seminário são destacados os Painéis de Nutrição, Ambiência, Bem-Estar Animal, Sanidade, Biomassa & Bioenergia e Reciclagem Animal. 

Novidades

Com grandes nomes ligados ao setor, a Embrapa Suínos e Aves também estará presente no evento. A "Fêmea Suína Embrapa MO25C", desenvolvida pela instituição, foi pensada para ter uma boa produção de leitões e melhor qualidade de carne dos suínos de abate, pois é voltada para abastecer supermercados, churrascarias, restaurantes, mercado externo e produtos curados (presunto, copa, salame). Outra novidade da Embrapa é o "Salmonelômetro", software criado para popularizar entre técnicos e produtores os fatores de risco para salmonela nas granjas que produzem suínos.

Um dos expositores escolheu a feira para apresentar em primeira mão um aromatizante de transformação sem sódio, para substituição do sal nos produtos cárneos, além do uso de conservantes mais saudáveis e naturais na produção.

Somado a isso, uma empresa produtora de chocadeiras/incubadoras para ovos simulará em seu estande o nascimento de uma ave com uma de suas máquinas automáticas e mostrará o gerenciamento dessa tecnologia por meio remoto, pelo aparelho celular. 

Paraná

A escolha do Paraná como sede da FIPPPA não é por acaso. O Estado é sede de mais de dez cooperativas agropecuárias, além de abrigar cerca de 40 agroindústrias. Não à toa, é o terceiro Estado no ranking nacional das exportações agropecuárias de 2014, com destaque especial para os segmentos avícola e suinícola. A avicultura paranaense, por exemplo, cresceu quatro vezes mais que a média nacional em 2014. Em 2015, o Paraná segue em destaque e detém cifras em produção e exportação que colocaram a cadeia de aves na liderança entre os Estados brasileiros envolvidos com o segmento, na frente de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, segundo e terceiro lugares, respectivamente. No segmento suinícola, os dados também impressionam. O Paraná possui o terceiro maior rebanho de suínos, atrás de Rio Grande do Sul, o segundo, e Santa Catarina, líder. O mesmo ranking é notado na produção e exportação de carne suína. Com números tão expressivos, o Paraná mostra-se como o local ideal para um evento de negócios com o porte da FIPPPA, que envolve não só a avicultura e a suinocultura, mas também toda a cadeia de proteína animal.


Expotrade
Posicionado estrategicamente na cidade de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, o Expotrade oferece a melhor logística para a realização de feiras, convenções e shows na região Sul do Brasil. Com 34.000 m2 de área construída, sendo 23.000 m² de áreas para exposição e 12 auditórios fixos para convenções, o Expotrade é composto por salas multiuso e ambientes amplos que facilitam a realização de eventos dos mais variados tipos e tamanhos. O Expotrade está localizado no centro econômico da principal rota do MERCOSUL, apenas 30 minutos do aeroporto e 15 minutos do Centro de Curitiba. 

Sobre a FIPPPA

A FIPPPA 2015 é o resultado da união das empresas Gessulli Agribusiness e G5 Promotrade, organizadoras, respectivamente, da AveSui América Latina e Tecno Food Brazil, as duas maiores feiras latino-americanos de produção e processamento de carnes. Inaugurando no país um conceito inovador, a FIPPPA é um evento completo e horizontal que congrega todos os elos da cadeia de proteína animal, da produção ao processamento, do campo à mesa. A feira será realizada de dois em dois anos, atendendo uma antiga reivindicação de representantes dos mercados de aves, suínos e leite, que pediam um evento coeso, completo e bienal. 

Serviço

FIPPPA - Feira Internacional de Produção e Processamento de Proteína Animal
28 a 30 de abril de 2015
EXPOTRADE Convention Center
Curitiba (PR)

Realização
Gessulli Agribusiness
(11) 2118-3133
[email protected]

G5 Promotrade
(41) 3669-8412
[email protected]
 

 

Assessoria de Imprensa FIPPPA
Deixe seu Recado