Guia Gessulli
25-Jul-2019 17:56 - Atualizado em 14/08/2019 14:35
Evento

Expositores fecham negócios e firmam marca na AveSui EuroTier

Diversas empresas fecharam novos contratos e trabalharam para firmar sua marca na região que mais cresce

A presença de produtores e profissionais de todos os elos da cadeia produtiva de proteína animal foi constante nos três dias da AveSui EuroTier 2019. O evento, que começou na terça-feira (23), acabou ontem (25), em Medianeira, no Paraná. Diversas empresas fecharam novos contratos e trabalharam para firmar sua marca na região que mais cresce em produção animal no país.

Neste ano, o espaço da feira de exposição de tecnologias e soluções estava 40% maior que nos anos anteriores. O cenário se tornou perfeito para os produtores rurais e os profissionais que atuam nas cooperativas e agroindústrias de diferentes partes do Brasil e até mesmo de outros países, como Argentina e Paraguai.

Matheus Moresco Lüdtke, engenheiro civil da Conceito Brasil, afirma que a empresa teve uma boa participação na feira. “Obtemos contatos importantes para a empresa nessa edição”, diz.

A edição desse ano foi considerado excelente para a Akso, afirma Marcelo Firmino, gerente técnico da empresa de instrumentos eletrônicos. “O ano passado foi bom, mas esse foi ainda melhor”, ressalta.

Avaliação positiva fez ainda Péricles Pinheiro Filho, diretor de Desenvolvimento de Negócios da CHP Brasil, empresa de soluções em geração distribuída (GD) a gás com foco em cogeração. “Nossa participação foi muito boa. Chegamos a efetuar vendas de equipamentos [geradores de bioenergia] e estaremos com certeza na próxima AveSui”, avalia.

Programação técnica

A programação do último dia do Seminário Técnico-Científico teve três painéis temáticos. A sala de Biomassa e Bioenergia recebeu palestra do presidente da Abiogás, Alessandro Gardemann, que traçou um panorama sobre o biogás no Brasil.

A Piscicultura foi o tema do segundo painel. Coordenada pelo doutor Alexandre Freitas, chefe geral interino da Embrapa Pesca e Aquicultura, a sala trouxe palestras sobre tecnologia, inovação e perspectivas na sanidade da piscicultura e a realidade brasileira frente à produção tropical no mundo.

Outro painel temático tratou do bem-estar na produção de ovos. Sob a coordenação do doutor Paulo Abreu, pesquisador da Embrapa Suínos e Aves, a sala teve palestras sobre o projeto BEA, o sistema cage-free na cadeia produtiva nacional e internacional, além da nutrição e biosseguridade e manejo na produção fora da gaiola.

Redação
Deixe seu Recado