Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Energia eólica

Expansão de usinas eólicas no país bate recorde em 2021, segundo Aneel

A energia eólica tem baixo impacto ambiental e baixos teores de emissões de gases de efeito estufa

Redação com informações de Governo do Brasil
08-Dez-2021 14:14 - Atualizado em 08/12/2021 14:28

Em 2021, o Brasil bateu recorde de expansão de energia de usinas eólicas. O recorde anterior havia sido registrado em 2014. As usinas eólicas respondem atualmente por 11,11% da matriz energética brasileira produzindo uma energia renovável e de baixo impacto ambiental. As usinas eólicas constituem neste momento 20,1 gigawatts de potência instalada.

Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que em 2021 a expansão da capacidade instalada de energia elétrica a partir de fonte eólica no Brasil chegou a 3.051,29 megawatts, considerando os dados referentes a novembro. Em 2014, quando foi alcançado o recorde anterior, 2.786 megawatts foram liberados para operação comercial no país.

De acordo com a Aneel, a perspectiva é que a energia eólica continue em expansão no próximo ano. “Atualmente, há cerca de 5,5 gigawatts de usinas eólicas em construção no país, sendo que hoje estimamos que 2,95 gigawatts entrarão em operação ao longo de 2022, o que representa valor equivalente a 2021”, informou a Agência.

A energia eólica é obtida a partir da força do vento. Por meio de um aerogerador a energia cinética das correntes de ar é transformada em energia elétrica. Trata-se de uma fonte de energia limpa, com baixos teores de emissões de gases de efeito estufa.

Expansão da oferta de geração de energia no país

Neste mês de novembro, a Aneel liberou para operação comercial empreendimentos com potência total de 561,13 megawatts. Em 2021, a capacidade instalada até o momento é de 6.436,11 megawatts. Desse total, 3.051,29 megawatts (47,41%) são a partir de fonte eólica, 2.038,91 megawatts (31,68%) proveniente de termelétricas, 1.252,17 megawatts (19,46%) de usinas solares fotovoltaicas e 89,22 megawatts (1,39%) de pequenas centrais hidrelétricas.

A meta de expansão da geração para esse ano era de 4.790,4 megawatts e foi ultrapassada pela Aneel em setembro. Em 2021, foram inauguradas ou reabertas usinas em 20 estados das cinco regiões do país. O maior acréscimo na capacidade de geração ocorreu no Rio Grande do Norte (1.358,70 megawatts), seguido por Bahia (1.343,19 megawatts) e Rio de Janeiro (1.338,30 megawatts).

Em relação às perspectivas para 2022, o grande destaque, de acordo com a Aneel, será a energia solar, pois será o primeiro ano em que essa fonte representará o maior incremento de geração centralizada no país, com cerca de 4,5 gigawatts, superando a própria geração eólica.

O acompanhamento da expansão da oferta de geração de energia elétrica abrange todos os empreendimentos em implantação no território nacional, qualquer que seja a fonte de energia.

Assuntos do Momento

Fontes solar e eólica terão mais espaço na geração de energia do Brasil
25 de Janeiro de 2022
Fonte Renovável

Fontes solar e eólica terão mais espaço na geração de energia do Brasil

As informações constam na minuta do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) 2031, que foi colocada em consulta pública nesta segunda-feira (24/01).

Sicredi faz emissão de Green Bond subordinado de USD 100 mi para financiar projetos de energia renovável
26 de Janeiro de 2022
Green Bond

Sicredi faz emissão de Green Bond subordinado de USD 100 mi para financiar projetos de energia renovável

A emissão feita junto ao BID Invest, membro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), foi no valor de USD 100 milhões

Mudanças no processo de geração de energia causam "inflação verde", que pode se estender por anos
26 de Janeiro de 2022
Transição

Mudanças no processo de geração de energia causam "inflação verde", que pode se estender por anos

Carla Argenta explicou que estamos em meio à transição energética e que processo não é simples

Assinantes de energia solar adotam dispositivo de inteligência artificial para evitar desperdício e reduzir consumo
24 de Janeiro de 2022
Tecnologia

Assinantes de energia solar adotam dispositivo de inteligência artificial para evitar desperdício e reduzir consumo

Tecnologia já é utilizada em várias residências e empresas do Interior de SP e ajuda a reduzir em cerca de 15% consumo de eletricidade

Ministro do MCTI conhece projeto de fábrica brasileira de placas solares
27 de Janeiro de 2022
Investimento

Ministro do MCTI conhece projeto de fábrica brasileira de placas solares

Em audiência, representantes de empresa apresentaram projeto de produção de módulos fotovoltaicos no país, que pode contar com apoio do PADIS

UEMS/Mundo Novo tem projeto de R$ 674 mil aprovado no edital MS Carbono Neutro
24 de Janeiro de 2022
Biometano

UEMS/Mundo Novo tem projeto de R$ 674 mil aprovado no edital MS Carbono Neutro

O projeto, que será coordenado pelo professor Dr. Leandro Fleck, obteve nota final de 9,70 e garantiu a maior pontuação dentre todas as propostas aprovadas, além disso teve o segundo maior recurso financeiro obtido

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade