AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Energia Solar

EUA avalia iluminação alimentada por energia solar para uso em pequenos aeroportos

A entidade governamental responsável pela regulação da aviação civil no país estuda alternativas à tradicional iluminação de pistas, pistas de táxi e elementos de sinalização em pequenos aeroportos.

Redação com informações de Aeroin
12-Mai-2022 09:18

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) realizou um teste de iluminação de aeródromos movida a energia solar. A entidade governamental responsável pela regulação da aviação civil no país estuda alternativas à tradicional iluminação de pistas, pistas de táxi e elementos de sinalização em pequenos aeroportos.

Muitas instalações deste tipo não possuem iluminação para operação noturna. Nesse contexto, a infraestrutura de iluminação alimentada por fontes solares torna-se uma alternativa viável e ecologicamente correta.

Segundo a organização, a implantação desse tipo de tecnologia também pode trazer benefícios para a segurança operacional. Por outro lado, o uso de energia solar em aeródromos reduziria as emissões de carbono na atmosfera e os custos de obtenção de energia.

A FAA está atualmente avaliando um sistema de iluminação solar instalado no Aeroporto Regional de Penn Yan, na região de Finger Lakes, no estado de Nova York. Ela planeja testar outros sistemas semelhantes no Arizona a partir do próximo outono, e mais tarde em Washington e Oklahoma.

“O benefício real é a segurança para aeroportos que não podem pagar por um sistema como os grandes aeroportos”, disse Ryan King, da Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento de Segurança Aeroportuária da FAA no Centro Técnico William J. Hughes. “Estaríamos fornecendo à aviação geral um nível de segurança sem pegada de carbono”, disse ele.

Sistemainstalado no aeroporto de Penn Yan

Foram instalados sistemas de iluminação solar para demarcação da cabeceira, eixo e borda da pista, bem como nas pistas de táxi, biruta e sinalização de orientação. Todos os equipamentos são alimentados por painéis solares próprios e sistema de bateria. A FAA coletará dados de desempenho por um ano.

Findo o prazo do estudo, o órgão determinará a conformidade do equipamento com os requisitos fotométricos estipulados. A funcionalidade e durabilidade do equipamento serão avaliadas em diferentes condições meteorológicas e poderá ser feita uma comparação entre dispositivos solares descentralizados em pequenos aeródromos e sistemas convencionais em outros terminais.

King argumentou que a implementação desses sistemas traria um benefício adicional. Muitos desses pequenos aeródromos estão em áreas rurais com pouco acesso a serviços médicos complexos. Instalações mais bem equipadas seriam uma alternativa em casos de emergências médicas. 

“Também há uma causa mais justa que é tornar esses pequenos aeroportos mais acessíveis a mais voos e mais pessoas”, concluiu o funcionário.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade