AveSui 2020
22-Jun-2020 08:20
America Latina

Equador promove desenvolvimento de bioenergia

Iniciativa faz parte do compromisso do país sul-americana de reduzir a emissão de gases de efeito estufa.

O Equador está promovendo o desenvolvimento da bioenergia hoje, aproveitando os resíduos orgânicos ou industriais.

Iniciativa faz parte do compromisso do país sul-americana de reduzir a emissão de gases de efeito estufa.

Nesse contexto, o executivo ativou uma Tabela Técnica Interinstitucional sobre Bioenergia, identificada como uma oportunidade de apoiar o setor durante o processo de formulação da Primeira Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC).

Como parte do programa de ação, o Ministério do Meio Ambiente e Água, com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), realizou a terceira reunião técnica dessa equipe em 11 de junho.

O encontro serviu para definir etapas que apoiam a implementação de estratégias de energia renovável, principalmente biomassa, e contribuem para a redução das emissões de Gás.

Liderados pelas carteiras de Energia e Recursos Naturais Não Renováveis, além de Meio Ambiente e Água, os Ministérios da Produção, Comércio Exterior, Investimentos e Pesca, Agricultura e Pecuária também participam do esforço de cooperação institucional.

O Instituto Nacional de Meteorologia e Hidrologia, o Instituto de Pesquisa Geológica e Energética, a Corporação de Eletricidade do Equador e o Instituto Interamericano de Cooperação em Agricultura também colaboram na Tabela Técnica.

Coordenar esforços públicos, privados, acadêmicos e de cooperação para construir um Programa Nacional de Bioenergia, promover o uso de resíduos e produtos agrícolas, agroindustriais, orgânicos urbanos e orgânicos, subprodutos e excedentes de culturas energéticas, são alguns dos objetivos.

O grupo também planeja considerar uma abordagem de desenvolvimento sustentável e inteligente do clima que garanta a segurança alimentar e a conservação da biodiversidade.

Redação
Deixe seu Recado