Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Marca histórica

Energia solar bate recordes no Brasil

Aumento no preço da energia elétrica é mais um dos fatores que alavancou a procura por energias limpas, como a solar

Redação com informações de Paranashop
25-Nov-2021 09:21

 O uso da energia solar no Brasil vem ganhando força nos últimos anos. De 1.160 gigawatts de potência instalados em 2017, o País saltou para mais de 11.000 gigawatts neste ano. A marca histórica foi atingida no último mês. O número soma a energia fotovoltaica produza por usinas de grande porte e em sistemas de pequeno e médio portes instalados em telhados, fachadas e terrenos. A informação é da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Na foto acima, usina solar em Pirapora, em Minas Gerais.

A fonte solar ocupa, agora, o quinto lugar na matriz elétrica brasileira. Os dados da Absolar apontam que as grandes usinas lideraram o avanço do setor até 2019. “O ano de 2020, apesar da pandemia, foi um recorde de crescimento para energia solar no nosso País, e pela primeira vez a geração de pequeno porte (distribuída), cresceu mais do que as grandes usinas e assumiu a primeira posição”, relatou Rodrigo Sauaia, presidente da instituição.

Em entrevista por telefone à ANBA, Sauaia, explicou que até poucos anos o preço da instalação da energia solar afastava consumidores, mas essa realidade vem mudando. Fatores como o aumento no número de fornecedores, o acesso a linhas de financiamento voltadas para o sistema solar e, por outro lado, o encarecimento da conta de energia elétrica, têm contribuído com a boa fama da energia fotovoltaica.

O incentivo sentido no bolso

A perspectiva é de que a procura pela energia solar até abril de 2022, quando a bandeira de escassez hídrica ainda estará em vigor, cresça. “O impacto da crise hídrica foi muito grande. A média do preço da conta subiu 20%, muito acima da inflação. Já o preço da energia solar, nos últimos dez anos, caiu 80%. Isso aumentou o interesse da sociedade em gerar a própria energia. A projeção é que este seja um ano histórico”, concluiu o presidente da Absolar.

No estado do Paraná, também foi o fator financeiro um dos motivos para o incentivo no uso de energias limpas no campo. O Programa Paraná Energia Rural Renovável (RenovaPR), feito pela equipe do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR), já soma 1.198 projetos acatados desde agosto deste ano, quando começou a operar.

Segundo Herlon Goelzer de Almeida, coordenador do RenovaPR, além do incentivar energias limpas, o programa surgiu para contribuir com a sustentabilidade no bolso dos produtores paranaenses. “O preço da energia [gerada por hidrelétricas] rural vai perder subvenção até 2023. Vai chegar ao equivalente ao preço da energia urbana industrial, então o objetivo é que todos os agricultores tenham energia limpa até lá”, alertou.

Há duas modalidades propostas pela iniciativa, a energia solar fotovoltaica representa 98% dos pedidos, e o restante é para instalação de biodigestor. O foco inicial é em produtores de proteína. “Até dezembro de 2030 a meta é chegar em 100 mil unidades produtivas com energia limpa. É altamente viável do ponto de vista econômico”, disse Almeida.

Assuntos do Momento

Empresa de alimentos investe R$ 150 milhões em usina de geração de energia com biomassa
01 de Dezembro de 2021
Debêntures verdes

Empresa de alimentos investe R$ 150 milhões em usina de geração de energia com biomassa

Unidade vai gerar energia térmica a partir da palha do arroz; empresa criou uma nova subsidiária, a Camil Energia Renovável

Mercado de startups no Brasil cresce quase 30% no setor de energia
03 de Dezembro de 2021
Expansão

Mercado de startups no Brasil cresce quase 30% no setor de energia

Amazonas, Ceará, Distrito Federal, São Paulo e Santa Catarina são os Estados com mais startups voltadas ao setor de energia no país

ABiogás anuncia certificado de biometano e destaca a inauguração de 45 novas usinas em 2021
29 de Novembro de 2021
Descarbonizar

ABiogás anuncia certificado de biometano e destaca a inauguração de 45 novas usinas em 2021

Outro destaque foi a apresentação do Fundo Garantidor do Biogás, primeiro fundo com foco ambiental no Brasil, lançado em setembro pelo The Lab junto com a ABiogás

Relator propõe repasse de 80% dos Créditos de Descarbonização a produtor de biomassa
02 de Dezembro de 2021
Reivindicação

Relator propõe repasse de 80% dos Créditos de Descarbonização a produtor de biomassa

Deputado José Mário Schreiner (DEM-GO) também propõe que produtores rurais tenham o mesmo regime tributário dos produtores de biocombustível

Estudo da CCEE revela que estado de São Paulo tem mais de 17,5 mil unidades consumidoras que já poderiam migrar para o mercado livre de energia
30 de Novembro de 2021
Energia Renovável

Estudo da CCEE revela que estado de São Paulo tem mais de 17,5 mil unidades consumidoras que já poderiam migrar para o mercado livre de energia

São empresas de grande e médio porte como indústrias e shoppings que ainda são abastecidas pelo mercado regulado e que hoje possuem, sozinhas ou em comunhão, carga superior a 500 kW

Disponible en español Disponible en español
Energias renováveis batem recorde mundial, mas ainda não são suficientes
01 de Dezembro de 2021
Carbono Neutro

Energias renováveis batem recorde mundial, mas ainda não são suficientes

Um estudo divulgado pela Agência Internacional de Energia indica que, apesar do recorde batido, o ritmo ainda é insuficiente para colocar o planeta no caminho da neutralidade de carbono

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade