Guia Gessulli
16-Mar-2020 16:17
Parceria

Empresas se unem para desenvolver negócios em biogás

A parceria entre as empresas representa o fortalecimento de projetos em P&D e de desenvolvimento tecnológico

O Centro Internacional de Energias Renováveis - CIBiogás, recebeu em Foz do Iguaçu (PR), a empresa do ramo de geração de energia distribuída à gás, CHP Brasil, para assinatura do termo de adesão como associado especial. A parceria entre as empresas representa o fortalecimento de projetos em P&D e de desenvolvimento tecnológico com caráter inovador para o setor de biogás.

De acordo com Rafael González, diretor presidente do Centro, a intenção é que outros stakeholders se unam a este movimento, para acelerar o avanço dos modelos de negócios no Brasil. "A troca de expertise e de tecnologias em um grupo associativo, contribui de forma sustentável para modernização e consolidação da matriz energética nacional".

O ato da filiação configura publicamente o momento de transição estratégica do CIBiogás enquanto associação. "Ser um associado especial significa: integrar a cadeia produtiva, por meio de novos negócios". O atual, e os futuros associados nesta categoria podem esperar ganho de competitividade no mercado e avanço tecnológico fundamentado por informações estratégicas, fruto do know-how de 14 anos de pesquisas focadas no biogás, explica González.

Com sede no Rio de Janeiro, a CHP Brasil é o primeiro associado na categoria especial. Isso significa que a empresa contribui diretamente para o legado de projetos em P&D e iniciativas científicas inovadoras no país. O diretor de Desenvolvimento de Negócios, Péricles Pinheiro Filho, enfatiza que as barreiras tecnológicas para as aplicações do biogás já foram vencidas. "Este é o momento de desenvolver soluções que entreguem confiabilidade, qualidade e respeito ao produtor de biogás nacional". Nas palavras do diretor, a expectativa é que a parceria resulte no aumento da visibilidade do biogás, no desenvolvimento do setor e também da empresa.

O ingresso da CHP Brasil, complementa o corpo associativo do Centro, que atualmente contém 27 membros, entre eles os associados fundadores, com é o caso da Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Eletrobrás - Centrais Elétricas Brasileiras S.A e Organização das Nações Unidas para Desenvolvimento Industrial - UNIDO.

Redação
Deixe seu Recado