Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Nutrição Animal

Empresa belga lança no Brasil solução natural alternativa para saúde intestinal

Indicado para aves e suínos, o aditivo reduz o pH do trato digestório superior, com o objetivo de facilitar a digestão e contribuir para o equilíbrio da microbiota, estimulando o crescimento e a produtividade de maneira natural

Redação AI/SI
27-Mai-2020 08:50 - Atualizado em 27/05/2020 16:14

A multinacional belga de aditivos para nutrição animal, Innovad-Global, presente no Brasil com a marca Solene, traz ao país o Lumance, solução com componentes naturais que contribui para a redução da medicação e melhora do desenvolvimento, sendo uma alternativa aos chamados AGPs (sigla em inglês para Antibióticos Promotores do Crescimento).

Ben Letor, diretor global de Vendas e Marketing do grupo, acredita que o produto será um sucesso no Brasil: “De acordo com todas as conversas que tivemos com líderes da indústria de nutrição animal no Brasil, acreditamos que este é o melhor momento para a adoção de tecnologias alternativas aos medicamentos”.

Indicado para aves e suínos, o Lumance é um aditivo que reduz o pH do trato digestório superior, com o objetivo de facilitar a digestão e contribuir para o equilíbrio da microbiota, estimulando o crescimento e a produtividade de maneira natural. A solução contém uma mistura sinérgica bem equilibrada de aditivos cuidadosamente selecionados para uso exclusivo na alimentação animal, que inclui a mais nova geração de ácido butírico em tecnologia esterificada: mono, di e tri butirinas, com liberação lenta e direcionada.

Conta ainda com óleos essenciais, extratos vegetais, polifenóis, entre outros. O resultado é um produto com um desempenho muito superior aos seus ingredientes isolados, ou mesmo à soma teórica desses elementos, de acordo com testes das Universidades de Oklahoma (EUA) e de Ghent (Bélgica). Esses estudos apontam para uma redução relevante da síndrome absortiva intestinal e de casos de diarreia e cama molhada.

Assuntos do Momento

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade