AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Entidade

Embrapa firma parcerias para aproveitamento de resíduos

Jornal do Brasil
04-Jun-2012 11:21 - Atualizado em 20/04/2016 14:43

A Embrapa firmou acordos de cooperação com a Intecnial e a Novacap - Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil. Os documentos dão suporte a pesquisas para aproveitamento energético de biomassa a serem desenvolvidas pela Embrapa Agroenergia (Brasília/DF) em parceria com as empresas.

Eles foram assinados durante a cerimônia de comemoração de seis anos dessa Unidade, no dia 24 de maio. "A Embrapa Agroenergia está sempre buscando parcerias que possam enriquecer e acelerar as pesquisas que gerem soluções sustentáveis para o agronegócio, a indústria e a sociedade brasileira. Os acordos que assinamos são focados em aproveitamento de resíduos e, portanto, estão bastante ligados à questão da sustentabilidade que permeia todas as nossas pesquisas", diz o Chefe-Geral do Centro de Pesquisa, Manoel Teixeira Souza Júnior.

O acordo com a Novacap prevê a realização de estudos para aproveitamento dos resíduos da poda das árvores e de manutenção dos canteiros de flores da capital federal. Processos termoquímicos, briquetagem e compostagem são algumas das possibilidades que devem ser analisadas. Brasília tem cerca de 5 milhões de árvores em parques e jardins que geram anualmente 13,2 mil m³ de lenha. Além disso, conta com 619 canteiros ornamentais que somam uma área de 110.661m².

Atualmente, os resíduos são encaminhados ao viveiro da Novacap e não têm destinação definida. "Nosso objetivo, com essa parceria, é trocar conhecimento com a Embrapa, de forma a encontrarmos a melhor solução para os restos vegetais e a madeira", explica o presidente da companhia urbanizadora, Nilson Martorelli. "Queremos preservar o meio ambiente, reduzir o impacto do descarte dos resíduos vegetais, diminuir os custos da empresa e promover a sustentabilidade", acrescentou.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade