AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Expansão

EDP anuncia a construção da sua primeira usina solar de larga escala no Rio Grande do Norte

Buscando expandir suas atividades na geração de energia solar, a EDP Brasil, anunciou a construção da sua primeira usina solar no Rio Grande do Norte, nas cidades de Pedro Avelino, Jandaíra e Lajes

Redação com informações de Click Petróleo e Gás
27-Out-2021 11:02

A EDP Brasil anunciou nesta segunda-feira (25), que está aplicando novos investimentos para o desenvolvimento de sua primeira usina solar. O projeto recebeu o nome de, Monte Verde Solar, e será desenvolvido ao lado da EDP Renováveis, no Rio grande do Norte. A usina solar terá capacidade 209 MW de potência e ficará localizada nas cidades de Pedro Avelino, Jandaíra e Lajes. De acordo com a EDP, em comunicado ao mercado, o projeto já está outorgado tem previsão para iniciar suas operações em 2024.

Usina solar da EDP no Rio Grande do Norte, terá capacidade de 1 GW até 2025

De acordo com o CEO da EDP Brasil, João Marques da Cruz, com novo investimento no ramo de energia renovável, a EDP avança com sua meta, que foi anunciada no Plano Estratégico 2021-2025, de expandir a área de seu parque de energia solar no Brasil em mais de 25 vezes em relação a 2020. O CEO afirma que é um passo essencial na proposta da empresa de substituir a geração hidrelétrica pela usina solar.

O empreendimento, além de outorgado, está com garantia de conexão ao sistema de transmissão. A usina solar no Rio Grande do Norte também conta com um Power Purchase agreement de 15 anos com a EDP comercializadora, que já alocou a energia em contratos com a mesma duração.

Até 2025, a empresa planeja alcançar a marca de 1 GW em capacidade instalada na geração através da luz solar. Com o anúncio do projeto Monte Verde Solar, o portfólio da companhia nessa fonte chega a 310 MW.

Mercado de energia solar no Rio Grande do Norte

A energia solar fotovoltaica, com um acréscimo de 175% no ano de 2019 de acordo com a Aneel, se configura como um dos maiores investimentos no Rio Grande do Norte, que a alcança a marca de 61 MW de potência instalada.

O estado é conhecido como um dos que contam com uma maior irradiação solar, por estar mais próximo à linha do equador. O Rio Grande do Norte conta com níveis de irradiação que atingem 18 Mj/m² anuais.

Até 2019, as usinas solares no Rio Grande do Norte chegavam a 1.986 divididos em instalações comerciais, residenciais, rurais e até mesmo em serviços públicos.

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade