AveSui
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Comentário

É disso que o Brasil precisa - por Coriolano Xavier

Tanto se fala do marketing do produtor e esse é, de fato, um caminho eficaz para adicionar valor ao seu trabalho.

Coriolano Xavier

Membro do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) e Professor do Núcleo de Estudos do Agronegócio da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

10-Dez-2015 08:33 - Atualizado em 20/04/2016 14:55

Estava embaralhando as ideias em busca de sentimentos e padrões de comportamento que ajudem os brasileiros a lidar melhor com o delicado momento que o país vive na economia e na política. Dei então de cara com o cooperativismo, que responde por cerca de 48% do valor de produção do nosso agronegócio.  Gente de trabalho, que vem protagonizando uma história bonita no campo.

Por conta de seus valores tradicionais, nascidos em torno do conceito de união, o cooperativismo é uma ideia com potência para acelerar a difusão de tecnologia, aculturar modelos de gestão, proporcionar competitividade operacional entre pequenos criadores e agricultores, assim trilhando o difícil caminho de tirar o produtor do anonimato das commodities e levar seus produtos até a mesa do consumidor.

Tanto se fala do marketing do produtor e esse é, de fato, um caminho eficaz para adicionar valor ao seu trabalho. Veja por exemplo o caso da Aurora, que conta com 13 filiais e cerca de 70 mil famílias, que juntas fazem chegar alimentos com sua marca nas mesas de todo o país e do exterior.

Ou então uma Cooperalfa, que criou paradigmas de modernidade no oeste catarinense, plantou evolução tecnológica em uma região de grandes desafios, cultivou amor à terra e hoje procura fortalecer esse espírito nas novas gerações, para estimular sua fixação no campo e defender o futuro das comunidades rurais.

Esses não são os dois únicos casos. São dezenas e dezenas de belos exemplos pelo país e há um componente no DNA do cooperativismo que me intriga e pode fazer a diferença para alavancar o fortalecimento de um homem e de uma comunidade cooperativista – mas também de pessoas e grupos sociais de outros matizes.

União, integração, compromisso, coletividade, solidariedade e visão compartilhada. Tudo está no script cooperativista e soma para seu sucesso. São traços de comportamento e ferramentas essenciais do cooperativismo -- e como tal devem ser sacralizadas.  Mas por trás de todas elas está uma atitude original e precedente, que é a de não aceitar o dado posto, a fatalidade histórica ou do ambiente.

É o instinto de rebelar-se contra um status quo avesso ao progredir da vida e aos valores humanistas básicos da sociedade. E, se formos buscar a gênese, o turning point dos projetos cooperativistas, certamente vamos encontrar uma situação presente, ou de futuro visível, em que não se vislumbravam saídas, ou evoluções satisfatórias e possíveis.  Uma espécie de esgotamento de futuro.

Aí está a semente de atitude do cooperativismo como opção econômica e existencial. Um impulso renovador, que sai da dormência e equivale à vontade de sonhar o próprio sonho para tentar fazer a própria história – em grupo ou em uma grande coletividade.  É disso que o Brasil precisa, neste momento.

Coriolano Xavier, Vice-Presidente de Comunicação do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), Professor do Núcleo de Estudos do Agronegócio da ESPM.

Assuntos do Momento

Maior produtor do país na área, RN vai estocar energia eólica
24 de Setembro de 2021
Bioenergia

Maior produtor do país na área, RN vai estocar energia eólica

Empresa EV Brasil assinou protocolo com governo do estado para instalar primeiro projeto do tipo no país, nesta terça-feira (21). Investimento inicial é de R$ 12,5 milhões.

Na ONU, Bolsonaro destaca compromisso com transição energética e matriz brasileira
24 de Setembro de 2021
Compromisso

Na ONU, Bolsonaro destaca compromisso com transição energética e matriz brasileira

Presidente citou compromisso com dois pactos, um para reduzir emissões de carbono e outro para financiar o setor de hidrogênio, e disse que país é destaque na implementação de soluções energéticas sustentáveis

Alta do gás pode abalar transição verde na UE
23 de Setembro de 2021
Meio Ambiente

Alta do gás pode abalar transição verde na UE

Há o temor de que a crise energética tenha impacto sobre a crença no investimento em fontes mais limpas

Água da louça para regar plantação: ciência dá alternativas para agricultura sobreviver com seca e crise hídrica
24 de Setembro de 2021
Alternativa

Água da louça para regar plantação: ciência dá alternativas para agricultura sobreviver com seca e crise hídrica

Bioágua é feita a partir da filtragem das chamadas águas cinzas. Combinação entre diferentes fontes é a solução para pesquisadores, que também apostam no uso da água subterrânea.

BRF conquista certificado de Zero Waste para fábrica de perus na Turquia
24 de Setembro de 2021
Certificado

BRF conquista certificado de Zero Waste para fábrica de perus na Turquia

Documento atesta conformidade da Companhia ao Regulamento turco de Resíduos Zero

Alemanha deve acabar com uso de óleo de palma em biocombustíveis a partir de 2023
24 de Setembro de 2021
Biocombustível

Alemanha deve acabar com uso de óleo de palma em biocombustíveis a partir de 2023

Matéria-prima foi classificada pelo bloco como fator que resulta em desmatamento excessivo e não pode mais ser considerada um combustível renovável para transporte.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade