AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Agroenergia

Documentário mostra produção de agroenergia no Brasil

Embrapa Agroenergia
12-Jun-2013 08:25 - Atualizado em 20/04/2016 14:44

Foi lançado oficialmente, nesta terça-feira (11), em Brasília/DF, o documentário “Energia Verde e Amarela”, uma iniciativa da Fundação John Deere e da Embrapa, apoiada pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Produzido pela Videomakers, o filme mostra como o Brasil utiliza biomassa para produzir energia renovável na forma de etanol, biodiesel, biogás e outros produtos.

De acordo com o chefe-geral da Embrapa Agroenergia, Manoel Souza, o documentário apresenta “uma gama imensa de oportunidades distribuídas pelo Brasil para a construção de um futuro sustentável para as próximas gerações, tendo com base o uso da biomassa e seus resíduos”. A produção de biodiesel, por exemplo, gera renda para cerca de 100 mil propriedades de agricultores familiares. Além disso, proporcionou destino rentável para o sebo bovino, resíduo da produção animal cuja destinação final era considerada um problema. Atualmente, o sebo é a segunda principal matéria-prima para o biodiesel brasileiro, atrás apenas do óleo de soja.

Durante o evento, representantes da Embrapa e da John Deere lembraram que, em apenas 40 anos, o Brasil saiu da condição de importador de produtos agrícolas e se tornou referência mundial em produção de alimentos, fibras e agroenergia. Para o presidente da Embrapa, Maurício Antônio Lopes, o País fez mais do que resolver o problema da falta de alimentos. “O Brasil foi capaz de construir essa revolução numa plataforma que avança no caminho da sustentabilidade”, afirmou.

O diretor de assuntos corporativos para a América Latina da John Deere, Alfredo Miguel Neto, lembrou a necessidade de aumentar a produção mundial de alimentos em pelo menos 40% para atender à demanda da população em crescimento. “Há uma expectativa enorme em relação ao Brasil”, destacou. A alta incidência de luz solar e a disponibilidade de terras são dois fatores que colocam o País em posição privilegiada na agricultura, permitindo que ele produza não só alimentos, mas também biomassa para a obtenção de biocombustíveis e outros produtos. Manoel Souza ressalta que “o maior desafio do Brasil é ser capaz de gerir de forma eficiente e eficaz essa fartura, em benefício da sociedade e em prol de um futuro sustentável”.

Na opinião do presidente da Embrapa, Maurício Lopes, o documentário “Energia Verde e Amarela” contribui para divulgar as conquistas da agricultura brasileira nos últimos 40 anos e o papel dela para que a matriz energética do País seja constituída de quase 50% de fontes renováveis. “Nós temos muito a mostrar para o mundo. Nenhum país realizou em um curto espaço de tempo o que o Brasil realizou”, enfatizou.

O documentário

O filme “Energia Verde e Amarela” está organizado em quatro capítulos. Depois de uma seção introdutória, o capítulo sobre etanol mostra como é obtido esse biocombustível, cuja produção em escala foi introduzida no Brasil na década de 1970, como resposta à crise do petróleo. Estimativas apontam que, de 1975 a 2011, a utilização dele tenha evitado a emissão de mais de 550 milhões de toneladas de CO2. A expectativa, agora, é ampliar a produção, permitindo que resíduos e culturas com o sorgo sacarino e capins sejam utilizadas pelas usinas como matérias-primas.

O capítulo sobre biodiesel apresenta entrevistas com agricultores familiares que participam do programa governamental que inclui as pequenas propriedades na cadeia produtiva. Também mostra como ele é produzido e as oleaginosas com potencial de serem inseridas na produção, gerando emprego e renda em mais regiões do País. É o caso do dendê, do pinhão-manso e da macaúba.

Por fim, a seção sobre resíduos mostra como sobras das atividades agrícolas, agropecuárias e agroindustriais podem ser convertidos em energia renovável. Dois exemplos são a produção de briquetes e de biogás.

O documentário “Energia Verde e Amarela” será distribuído para universidades, ministérios, empresas, escolas agrotécnicas, escolas agrícolas familiares e câmaras setoriais. Será utilizado também em programas como o Embrapa & Escola e, com legendas em inglês, para divulgar a experiência do Brasil a outros países.

O filme pode ser assistido na íntegra em: https://www.youtube.com/watch?v=XBfeXnbeSO4&list=PLZALeXdySJJ-hLHKQ_VU8chK3x2NWUCPW.

Assuntos do Momento

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia
30 de Junho de 2022
Energia Limpa

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia

Macaé converte o gás metano, tóxico para a atmosfera, em energia limpa. Inauguração da usina faz parte do Mês do Meio Ambiente

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia
04 de Julho de 2022
Autossuficiência

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia

Geração de energia por esse tipo de recurso, que pode ser obtida por diferentes matérias-primas, conta com financiamento garantido pelo Banco da Amazônia, podendo atender empresas e comunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros
04 de Julho de 2022
Oportunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros

Há chances para estudantes de diversas áreas interessados nos Programas de Estágio ou Jovem Aprendiz da empresa

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis
04 de Julho de 2022
Solar

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis

Facilidades de financiamento a partir de bancos e cooperativas são vantagens estratégicas que ampliam potencial de crescimento

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco
04 de Julho de 2022
Eólica

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco

O novo empreendimento de energia eólica na região de Pernambuco contará com 19 turbinas V150-4,5MW que a Vestas fornecerá e instalará na região

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035
30 de Junho de 2022
Carbono Neutro

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035

A proposta da Comissão Europeia deve contribuir para alcançar os objetivos climáticos do continente, em particular a neutralidade carbônica no horizonte de 2050

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade