Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Sustentável

De Heus apresenta um dos mais amplos programas de sustentabilidade do setor

O Responsible Feeding é um programa global que realiza uma série de iniciativas locais com base em quatro pilares e a finalidade de contribuir com o produtor rural, colaboradores, fornecedores e com a sociedade em geral, a adotar e implementar medidas para transformar a produção, a sociedade e o mundo mais eficiente e sustentável para as próximas gerações

Redação
01-Jun-2021 08:05 - Atualizado em 01/06/2021 09:59

Maior cuidado com o clima, o meio ambiente e o bem-estar animal fazem parte de um dos mais amplos programas de sustentabilidade já apresentado no agronegócio brasileiro, destacado na última sexta-feira, dia 28 de maio, pela De Heus.

“O Responsible Feeding é um programa global da De Heus de longo prazo, que envolve clientes, fornecedores, colaboradores, a sociedade de forma geral e o meio ambiente, permitindo criar iniciativas sustentáveis em toda a cadeia alimentar que impactamos, além de apoiar os produtores com nossos programas nutricionais”, anunciou o diretor de RH & HSE da De Heus no Brasil, Edmilson Ribeiro.

A empresa, que constantemente investe em pesquisas e estudos, desenvolveu um plano estratégico de ações que vão desde reciclagem de embalagens, passando por uso consciente de água e energia elétrica, até a redução das emissões de gases de efeito estufa. “Responsabilidade social e nutricional são muito importantes para toda a cadeia produtiva. Dessa forma, queremos cada vez mais criar e investir em diferentes ações que reforcem a importância da adoção de práticas sustentáveis, contribuindo assim para o bem-estar da sociedade como um todo e para o futuro do nosso planeta. É um trabalho desafiador, de grande responsabilidade e que temos muito orgulho”.

Uma das medidas implementadas pelo projeto inclui um estudo sobre as principais fontes de gás em suas plantas. De acordo com o levantamento, apenas com as ações já implementadas no ano passado, a De Heus Brasil deixará de gerar 116,62 toneladas de CO2 em 2021. “Para tornar nosso uso de energia mais sustentável, temos investido em iniciativas de conscientização e boas práticas na busca de formas eficientes e inovadoras para reduzir os impactos causados pelas nossas operações em todas as unidades. São pequenas atitudes, mas que geram grandes mudanças”, salientou o executivo.

Os quatro pilares

O Responsible Feeding tem em sua base quatro pilares: Feed for Food, Cadeia de Suprimentos Sustentáveis, Estímulo às Comunidades e Desenvolvimento dos Colaboradores. No pilar Feed for Food, a empresa se compromete em contribuir com o acesso a alimentos seguros e nutricionais, produzidos de forma responsável. Já na Cadeia de Suprimentos Sustentáveis, o foco está na busca pelo uso eficiente dos recursos naturais e pela redução das emissões de gases do efeito estufa na produção e logística de nutrição para animais.

O Estímulo às Comunidades envolve iniciativas para agregar valor econômico e social às comunidades locais. E o quarto pilar, Desenvolvimento dos Colaboradores, estimula ativamente o aprendizado ao longo da vida e capacita os profissionais da empresa a contribuir positivamente para a sociedade.

O Desafio

O compromisso assumido pela companhia em nível global se deu a partir dos desafios que as projeções de crescimento populacional mundial para 2050 trazem, como o aumento de mais de 50% da demanda por alimentos e de quase 70% por alimentos de origem animal – considerando que seremos 9.8 bilhões de pessoas até lá. Além disso, a necessidade de alimentos seguros e saudáveis também continuará a aumentar, explica Ribeiro.

“Para atender à demanda esperada por alimentos seguros e saudáveis nos próximos anos, precisamos que nossas cadeias produtivas de alimentos se tornem mais eficazes e sustentáveis. Além disso, não podemos esquecer o quanto somos privilegiados por estarmos em um país abundante em recursos naturais e com destaque na exportação mundial de alimentos, geração de riqueza e produtividade do agronegócio”, pontua o executivo, que completa “É através de nossas ações, no programa Responsible Feeding, que nos propomos a continuar impulsionando a inovação e o desenvolvimento econômico, melhorar a sustentabilidade das práticas agrícolas e contribuir para o aumento do rendimento em terras improdutivas, reduzir o desmatamento e minimizar os efeitos negativos sobre o clima, o meio ambiente e as comunidades locais. Não só temos orgulho de assumir esse compromisso, como nos sentimos preparados para todos os desafios que a dinâmica e evolutiva produção animal brasileira exigir”.
 
 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade