AveSui 2020
08-Jan-2020 13:34
Sustentabilidade

Companhia aérea holandesa introduz biocombustível em suas aeronaves

Segundo a operadora, o uso de combustível de aviação sustentável (SAF) é capaz de reduzir as emissões de CO2 em até 80%

A KLM Royal Dutch Airlines passou a adicionar biocombustível em seu suprimento, no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã. A companhia aérea holandesa firmou uma parceria com a Neste Oyj, da Finlândia, para adquirir o produto feito a partir do reaproveitamento do óleo vegetal de cozinha.

Segundo a operadora, o uso de combustível de aviação sustentável (SAF) é capaz de reduzir as emissões de CO2 em até 80%, em comparação aos combustíveis fósseis tradicionais como o querosene.

“Atualmente, o uso de combustível de aviação sustentável é uma das maneiras mais eficazes de reduzir as emissões de CO2 no setor aéreo”, disse Pieter Elbers, presidente e CEO da KLM. “Em grande parte devido às empresas que participam do Programa Corporativo de Combustível da KLM, conseguimos fazer esta compra, dando um impulso adicional à produção consistente de SAF”, completou.

Essa é a primeira vez que o biocombustível será fornecido usando a infraestrutura existente em Schiphol. A KLM deve usar os mesmos tanques e tubos de armazenamento do combustível de aviação comum.

Peter Vanacker, presidente e CEO da Neste, disse: “Estamos orgulhosos de apoiar a KLM no alcance de suas ambiciosas metas de redução de emissões com nosso combustível de aviação sustentável. Continuaremos a contribuir para um futuro mais sustentável, colaborando com os precursores da aviação e oferecendo aos nossos clientes volumes crescentes de combustível renovável. Além disso, tenho o prazer de anunciar que aderimos ao Programa de biocombustível corporativo da KLM, por meio do qual podemos reduzir nossas próprias emissões de CO2 nas viagens aéreas. ”

A KLM está trabalhando com parceiros para construir uma fábrica de biocombustíveis sustentáveis em Delfzijl, na Holanda. Essa fábrica deverá entrar em operação em 2022. A previsão é que sejam fornecidos à KLM 75 mil toneladas de combustível sustentável por ano.

A companhia aérea também está em processo de substituição das aeronaves com alto consumo de combustíves fósseis, como o Boeing 747, introduzindo aeronaves mais eficientes em sua frota, como por exemplo, o Boeing 787.

Redação
Deixe seu Recado