AveSui2021
24-Ago-2020 08:11
Biocombustível

CerradinhoBio anuncia criação de subsidiária no setor de etanol de milho

Com a Neomille, grupo quer aproveitar melhor oportunidades no segmento

A CerradinhoBio, controlada da CerradinhoPar, anunciou hoje a criação da subsidiária Neomille, que será responsável pela frente de negócios de processamento de milho, produção de etanol de milho e de componentes para ração animal do Grupo Cerradinho.

,A criação da Neomille está diretamente ligada ao investimento de R$ 280 milhões na construção da unidade de Chapadão do Céu (GO), voltada ao processamento do cereal.

A unidade, já em operação, produzirá anualmente, em média, 245 milhões de litros de etanol hidratado, 175 mil toneladas de DDG (subproduto do etanol de milho usado na nutrição animal) e 7 mil toneladas de óleo. A moagem total de milho será da ordem de 580 mil toneladas por ano.

Segundo Paulo Motta, presidente da CerradinhoBio, o movimento é importante para a estratégia de crescimento da empresa. "A Neomille (...) amplia as alternativas na nossa região para comercialização do milho, que antes era predominantemente exportado, e agora dobra de valor na cadeia com a produção de DDGs e óleo, além do etanol um combustível limpo e renovável”, disse, em nota.

Considerando as plantas de cana (CerradinhoBio) e milho (Neomille), a companhia tem capacidade para produzir anualmente 730 milhões de litros de etanol e gerar 1,3 mil gigawatts-hora (GWh) de energia.

Valor
Deixe seu Recado