AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Privatização da Petrobras

Bolsonaro fala, no G20, sobre uma nova alta de preços de combustíveis

Na viagem, para Roma na Itália, o mesmo voltou a abordar sobre a possibilidade de privatização da estatal Petrobras até o ano de 2022. 

Redação com informações de Click Petróleo e Gás
03-Nov-2021 12:08

Em viagem para a cúpula do G20, o presidente da República, Jair Bolsonaro, abordou sobre uma nova alta de preços no Brasil em relação a combustíveis como diesel e gasolina. A alta acumulada já está na faixa de 50%. Na viagem, para Roma na Itália, o mesmo voltou a abordar sobre a possibilidade de privatização da estatal Petrobras até o ano de 2022. O desejo de fechamento e venda não é somente de Jair, mas também de outros políticos brasileiros como João Dória, governador do estado de São Paulo, que recentemente também abordou sobre a possibilidade de vender o banco do Brasil, BB.

Na mesma reunião, o presidente da República afirmou que pretende ainda neste ano se filiar a algum partido. Mas, apesar das incertezas em relação ao assunto, um dos escolhidos pode ser o Republicanos. O PP e o PL também estão nesta disputa. Ainda em relação às eleições no ano de 2022, Dória deve concorrer assim como Pacheco, que é o atual presidente do Senado.

Privatização da Petrobras: é algo bom ou ruim?

Isso pode depender do ponto de vista. Os liberais argumentam que pode ser uma boa forma de pagar a dívida externa do Brasil que já chegou a mais de R$ 5,4 trilhões, equivalente a cerca de 80% do PIB, Produto Interno Bruto do Brasil. Já os grupos de esquerda, argumentam que a estatal seria uma boa forma de “manter o dinheiro entrando” e garantir a subsistência do país. Ademais, o governo federal já iniciou alguns processos sobre o assunto: no ano de 2021, alguns polos da estatal já foram vendidos enquanto a marca teve que começar a pagar por aluguel.

Nas últimas vezes que Jair Bolsonaro abordou sobre a venda de polos da Petrobras, a Bolsa de Valores brasileira voltou a subir e teve altas acima de 2% ao dia, enquanto o dólar estava estável. Mostrando assim, que ao menos os investidores podem ver que o ato é positivo ao país.

A estatal Petrobras não é a única que está na lista do presidente da República, Jair Bolsonaro, os Correios e até mesmo a Eletrobras entraram para a lista de possíveis vendas para o ano de 2021, apesar, no entanto, do projeto ainda estar estagnado.

Nova alta de combustíveis

Como dito anteriormente, o presidente abordou na cúpula do G20 sobre a possibilidade de uma nova alta de combustíveis. Em ao menos sete estados brasileiros o valor do litro da gasolina já é superior a R$ 7. Em Santa Catarina, estado em que a greve dos caminhoneiros foi proibida pelo STF, Supremo Tribunal Federal, o valor pode chegar a mais de R$ 8 até o final do ano. Atualmente, a média é de R$ 6,50. 

Acre, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul são os estados que enfrentam os maiores aumentos até então. Pacheco, presidente do Senado, afirmou recentemente que iria se reunir com o presidente da Petrobras, Luna e Silva, para discutirem a atual política de preços e pensarem em formas de solucionar o momento de instabilidade. 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade