Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Bioenergia

Bayer assina acordo para adotar eletricidade de matriz renovável em diversas unidades no Brasil a partir de 2024

O contrato, assinado com a Omega Energia, envolve a construção de um novo parque de fornecimento de energia limpa e evitará a emissão de cerca de 100.000 toneladas de CO2

Redação
09-Jun-2021 17:36 - Atualizado em 10/06/2021 05:39

A Bayer, multinacional alemã que atua nas áreas de saúde e nutrição, anuncia um acordo de fornecimento de longo prazo de energia (PPA) com a Omega Energia, maior empresa de energia limpa do Brasil. Com duração de 10 anos a contar a partir de 2024, o contrato garante que a eletricidade consumida pelas unidades de Uberlândia, Paracatu, Itaí, Campo Verde, Cachoeira Dourada, Petrolina, Paulínia e Belford Roxo seja de matriz eólica ou solar e, portanto, 100% renovável.

O projeto deve evitar, ao longo de seus 10 anos de vigência, a emissão de cerca de 100.000 toneladas de CO2. Adicionalmente, a Bayer contabilizará o abatimento das emissões relacionadas à compra da energia propriamente dita, que será reportada de acordo com as especificações do GHG Protocol, uma iniciativa do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas para registro e publicação de relatórios sobre emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE, em inglês, GHG - GreenHouse Gases).

A Bayer é uma empresa signatária do Pacto Global, tem a Sustentabilidade como um de seus três pilares de negócio (além de Inovação e Pessoas & Cultura) e alinha decisões de todas as suas divisões aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Organizações das Nações Unidas. A parceria com a Omega Energia é mais um passo nessa direção e na realidade começou no início de 2021, com o fornecimento de energia renovável para as unidades de Paulínia (SP) e Petrolina (PE).

O acordo firmado entre as duas companhias viabiliza a construção de um novo parque de energia pela Omega Desenvolvimento, unidade de projetos e implantação de novos ativos renováveis da Omega Energia. Com localização a ser definida, ele será entregue até 2023 e começará a fornecer eletricidade de matriz 100% renovável para oito unidades da Bayer a partir do ano seguinte.

"Estamos muitos felizes por fazer parte desse novo passo de sustentabilidade da Bayer, que tem sua história de tradição reconhecida em todo o mundo e, assim como a Omega, preza pela boa gestão dos critérios ESG e entende sua responsabilidade no processo de preservação ambiental global", afirma Fabiana Polido, Diretora Comercial da Omega Energia.

"O acordo com a Omega é mais uma das importantes iniciativas que estamos implementando para atingir nossas metas de sustentabilidade: até 2030, pretendemos nos tornar uma empresa carbono neutro, tornar os nossos locais de produção neutros para o clima e reduzir as emissões de poluentes em toda a nossa cadeia de valor, além de reduzir o impacto ambiental dos nossos produtos de proteção de culturas em 30%", afirma Rogério Andrade, Vice-Presidente de Product Supply da Bayer para a América Latina.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade