Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
RenovaBio

Aprobio critica proposta de redução da mistura de biodiesel no diesel feita pela CNT

Segundo a associação, sugestão prejudicaria o RenovaBio, a cadeia produtiva e o ambiente

Valor
08-Mar-2021 09:12

A Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (Aprobio) recebeu com “indignação e repúdio” a “nota técnica” divulgada na sexta-feira pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) que veio acompanhada por um pedido de redução do percentual de mistura do biodiesel no diesel fóssil no país. A CNT pediu um corte pela metade na mistura, que neste mês subiu para 13%, sob alegação de que a medida abriria espaço para uma redução do custo do diesel.

Segundo a Aprobio, a CNT “aparenta desconhecer” a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), que seria afetada pela redução da mistura de biodiesel no diesel. “A proposta da CNT é um atentado contra a segurança jurídica duramente conquistada desde o início do programa”, diz a Aprobio. Segundo a associação, a medida geraria desemprego e elevaria custos na cadeia produtiva de proteínas animais. A redução poderia respingar no ritmo de produção de farelo de soja, por exemplo, já que reduziria as margens de processamento da oleaginosa, principal matéria-prima para a produção de biodiesel no país.

“Os produtores realizaram enormes investimentos para ajudar o Brasil a ter segurança energética, reduzir emissões de gases de efeito estufa no setor de transporte, reduzir custos de produção e promover a eficiência industrial e logística. Todo este esforço traz desenvolvimento ao interior do país, que conta com 51 usinas autorizadas pela ANP que formam o parque industrial instalado”, diz a Aprobio. Conforme a entidade, o corte da mistura

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade