AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Energia

Aneel aprova acréscimo de R$1,15 milhão a estudo de transmissão de Belo Monte

Jornal da Energia
20-Jan-2014 10:59 - Atualizado em 20/04/2016 14:45

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o repasse de R$1,15 milhão ao Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel) referente ao acréscimo das despesas incorridas nos estudos de viabilidade para construção da linha de transmissão em corrente contínua, de ±800kV da hidrelétrica de Belo Monte, que compreende o trecho Xingu-Estreito com o sistema de integração. Ao todo, o estudo para o bipolo soma R$9,25 milhões.

A diferença aprovada pela agência reguladora deverá ser ressarcida ao Cepel durante o leilão do segundo bipolo da linha - Xingu-Terminal Rio. O valor total dos estudos será dividido entre doze empresas, além da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), sendo elas: Eletronorte, Furnas, Eletrosul, Chesf, Cemig-GT, Copel-GT, Cteep, State Grid, Taesa, LXTE, Cepel e LT Triângulo.

Com o novo valor, o centro de pesquisas da Eletrobras receberá o maior montante, de R$2,5 milhões, seguido pela EPE, com R$1,8 milhão. Sobre os valores aprovados incidirá a atualização monetária calculada com base na variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), verificada entre a data de publicação do edital do leilão e data iminente anterior ao pagamento.

A decisão consta em despacho da Aneel publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (20/01).

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade