Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Energia Solar

Alternativa energética? Conheça 8 vantagens da energia solar

Na Europa, cerca de 5% da demanda energética já é coberta por instalações fotovoltaicas

Redação
23-Jul-2021 11:31 - Atualizado em 23/07/2021 11:48

Se por um lado a tarifa da energia tradicional tem batido recordes no Brasil devido à escassez de chuvas e aumento de demanda, a energia solar (e a eólica) têm sido um caminho promissor e bem mais econômico para amenizar a crise climática e os impactos da poluição por combustíveis fósseis no mundo. Na Europa, cerca de 5% da demanda energética já é coberta por instalações fotovoltaicas, graças a iniciativas de governos e startups inovadoras.

Por isso, essa alternativa energética também tem ganhado espaço no Brasil. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar (ABSOLAR), o país acaba de ultrapassar a marca de meio milhão de conexões de geração própria de energia a partir da fonte solar fotovoltaica. Desde 2012, a modalidade instalou cerca de 5,8 gigawatts (GW) de potência operacional, sendo responsável pela atração de mais de R? 29 bilhões em novos investimentos, em sua maioria por residências e pequenas e médias empresas.

Especialista no assunto, Rodrigo Freire, CEO da Holu, startup que usa tecnologia para oferecer a melhor experiência de compra e integração do consumidor de energia solar a fornecedores e financiadores, destaca alguns benefícios da energia solar (ou geração distribuída) para os usuários. Confira:

Economia imediata
As placas solares garantem uma redução de até 95% na conta de luz desde o primeiro momento após a instalação e a homologação pela distribuidora. O investimento necessário para a instalação acaba sendo pago dentro de alguns anos pelo dinheiro economizado com a redução de gastos na conta mensal, sendo que a partir daí o usuário ainda terá pelo menos 20 anos de energia limpa sem qualquer custo adicional;

Proposta de valor
Por ser um investimento inteligente e em longo prazo, que gera economia durante toda a sua vida útil, a energia solar contribui para a valorização do imóvel entre 4% e 6%, segundo o Laboratório Nacional Lawrence Berkeley (EUA);

Apelo sustentável
Como uma energia limpa, renovável e sustentável, a geração solar ajuda a reduzir significativamente: (i) a dependência de combustíveis fósseis como derivados de petróleo, (ii) o consumo de água (usado pelas termelétricas e usinas nucleares) e (iii) a emissão de gases do efeito estufa, dentre outros benefícios de ordem ambiental;

Acesso facilitado
Por concentrar os melhores fornecedores do setor em um só lugar em uma experiência 100% digital e eficiente, a Holu fica responsável pela compra dos produtos (placas), instalação, homologação, pós venda e todo o trâmite para que o consumidor final não tenha dor de cabeça. Além disso, por meio de parceiros como a fintech Solfácil, por exemplo, permite financiamento de até 100% do valor investido para a instalação completa;

Baixa necessidade de manutenção
A limpeza do sistema pode ser feita pelo próprio usuário/proprietário das placas solares, uma vez por ano, com uma mangueira e um pano. Em caso de qualquer problema no sistema, a Holu fornece suporte imediato;

Alta resistência
Parte da grande vida útil de sistemas de energia solar é fruto de sua resistência significativa aos danos causados pela ação da natureza, tais como chuvas, ventos ou até mesmo granizo;

Inclusão social
A energia solar fotovoltaica é uma das melhores alternativas para regiões isoladas onde não há rede elétrica ou que utilizem geradores a diesel ou óleo combustível por ter instalação simples e baixo custo em relação ao tempo de vida útil (mais de 25 anos);

Benefícios indiretos
No Brasil, a geração solar distribuída garante mais de 254 mil novos empregos gerados e oferece mais de R$ 12,1 bilhões em arrecadação de tributos.

Assuntos do Momento

Maior produtor do país na área, RN vai estocar energia eólica
24 de Setembro de 2021
Bioenergia

Maior produtor do país na área, RN vai estocar energia eólica

Empresa EV Brasil assinou protocolo com governo do estado para instalar primeiro projeto do tipo no país, nesta terça-feira (21). Investimento inicial é de R$ 12,5 milhões.

Na ONU, Bolsonaro destaca compromisso com transição energética e matriz brasileira
24 de Setembro de 2021
Compromisso

Na ONU, Bolsonaro destaca compromisso com transição energética e matriz brasileira

Presidente citou compromisso com dois pactos, um para reduzir emissões de carbono e outro para financiar o setor de hidrogênio, e disse que país é destaque na implementação de soluções energéticas sustentáveis

Alta do gás pode abalar transição verde na UE
23 de Setembro de 2021
Meio Ambiente

Alta do gás pode abalar transição verde na UE

Há o temor de que a crise energética tenha impacto sobre a crença no investimento em fontes mais limpas

Água da louça para regar plantação: ciência dá alternativas para agricultura sobreviver com seca e crise hídrica
24 de Setembro de 2021
Alternativa

Água da louça para regar plantação: ciência dá alternativas para agricultura sobreviver com seca e crise hídrica

Bioágua é feita a partir da filtragem das chamadas águas cinzas. Combinação entre diferentes fontes é a solução para pesquisadores, que também apostam no uso da água subterrânea.

BRF conquista certificado de Zero Waste para fábrica de perus na Turquia
24 de Setembro de 2021
Certificado

BRF conquista certificado de Zero Waste para fábrica de perus na Turquia

Documento atesta conformidade da Companhia ao Regulamento turco de Resíduos Zero

Alemanha deve acabar com uso de óleo de palma em biocombustíveis a partir de 2023
24 de Setembro de 2021
Biocombustível

Alemanha deve acabar com uso de óleo de palma em biocombustíveis a partir de 2023

Matéria-prima foi classificada pelo bloco como fator que resulta em desmatamento excessivo e não pode mais ser considerada um combustível renovável para transporte.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade