AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Biocombustível

Alternativa de cultivo de eucalipto privilegia produção de biomassa

Florestal & Biomassa
21-Nov-2011 08:33 - Atualizado em 20/04/2016 14:42

Em uma área de 10 hectares, a equipe de pesquisadores do Núcleo de Ensaios de Máquinas e Pneus Agroflorestais (Nempa), ligado à Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, faz experimentos para otimizar o plantio voltado para a produção de biomassa. Quatro tipos de espaçamentos estão sendo testados, com até cinco vezes mais árvores por hectare do que normalmente é plantado. Também está sendo estudado o tipo de clone que melhor se adéqua ao objetivo. As mudas são cultivadas em estufas climatizadas com umidade controlada e aos 45 dias são transplantadas para o terreno.

O projeto terá três anos de duração, com avaliações econômicas e de desempenho antes de ser disponibilizado para o mercado. "Periodicamente realizamos testes para verificar o rendimento da plantação. A floresta mais densa, por exemplo, gera competitividade entre os indivíduos que precisam se esticar para obter luz solar, o que resulta em árvores mais esguias e alongadas. Como as árvores não serão utilizadas para lenha ou chapas de madeira o diâmetro não é o mais importante", explica Saulo Guerra, engenheiro florestal e coordenador do Nempa. O pesquisador vai apresentar o projeto no Fórum Brasileiro de Biomassa Florestal, no dia 19 de novembro, em Lages (SC), com a palestra "Alternativas para a colheita florestal, com foco na produção de biomassa".

"Um dos diferenciais dessa alternativa é o tempo reduzido de colheita, que é de um ano e meio a dois, enquanto o método tradicional exige de cinco a sete anos para o primeiro corte. Depois de cortados, os eucaliptos crescem novamente sem necessidade de replantio, pelo menos nesse primeiro momento", destaca o especialista. A colheita precoce do eucalipto será realizada em 2012, nos moldes de uma cultura de linha, como cana ou milho e em seguida transformada em cavaco pelo mesmo equipamento, já pronto para ser transportado.

Guerra ressalta que existe pouca produção de eucalipto destinada à produção de biomassa e que esse pode ser um nicho interessante para o empresariado brasileiro. "Até 2020 o continente europeu pretende ter 20% da sua energia proveniente de fontes renováveis. Esse aumento na demanda pode se converter em uma oportunidade de negócios para o Brasil", observa.mento e encarar o futuro. Nele, longe do preservacionismo puro e do vândalo produtivismo, se encontram as florestas energéticas.

Assuntos do Momento

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia
30 de Junho de 2022
Energia Limpa

Usina de biogás em Macaé transforma lixo em energia

Macaé converte o gás metano, tóxico para a atmosfera, em energia limpa. Inauguração da usina faz parte do Mês do Meio Ambiente

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia
04 de Julho de 2022
Autossuficiência

Biogás pode ser a solução energética limpa e adequada para a Amazônia

Geração de energia por esse tipo de recurso, que pode ser obtida por diferentes matérias-primas, conta com financiamento garantido pelo Banco da Amazônia, podendo atender empresas e comunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros
04 de Julho de 2022
Oportunidades

Bunge Bioenergia abre processo seletivo em cinco estados brasileiros

Há chances para estudantes de diversas áreas interessados nos Programas de Estágio ou Jovem Aprendiz da empresa

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis
04 de Julho de 2022
Solar

Energia solar é um dos mercados mais promissores entre as energias renováveis

Facilidades de financiamento a partir de bancos e cooperativas são vantagens estratégicas que ampliam potencial de crescimento

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco
04 de Julho de 2022
Eólica

Vestas fornecerá turbinas eólicas para novo parque eólico em Pernambuco

O novo empreendimento de energia eólica na região de Pernambuco contará com 19 turbinas V150-4,5MW que a Vestas fornecerá e instalará na região

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035
30 de Junho de 2022
Carbono Neutro

Países da União Europeia concordam em encerrar venda de novos carros a combustão até 2035

A proposta da Comissão Europeia deve contribuir para alcançar os objetivos climáticos do continente, em particular a neutralidade carbônica no horizonte de 2050

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade