AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Países

Alemanha bate recorde em produção de energia limpa

CicloVivo
08-Set-2011 10:27 - Atualizado em 20/04/2016 14:41

Os bons resultados foram obtidos a partir da decisão governamental, da chanceler Angela Merkel, em investir pesado em tecnologias de produção de energia limpa. O relatório mostra que o crescimento da Alemanha neste setor tem aumentado em níveis altos e rápidos.

Em 2010, as fontes renováveis supriam 18,3% da demanda, agora elas já ocupam a marca de 20,8%, ou seja, mais de um quinto da produção total da Alemanha é baseada em energia limpa.

Segundo o relatório da BDEW o aumento não está diretamente relacionado à decisão de fechar sete usinas nucleares, anunciada pela chanceler após o deastre nuclear de Fukushima, no Japão. No entanto, essa ação é considerada como um impulso para que seja possível eliminar completamente a produção atômica até o ano de 2022. Segundo Angela Merkel, o próximo objetivo do país é conseguir produzir 35% de sua energia através de fontes renováveis.

Por enquanto, a energia eólica é a dominante entre as renováveis, gerando 20,7 bilhões de kWh, ou 7,5% de toda a eletricidade do país. Na sequência vêm: biomassa (5,6%), solar fotovoltaica (3,5%) e hidrelétrica (3,3%). A incineração e outras fontes menos expressivas correspondem a apenas 0,8% da demanda total.

Além dos grandes investimentos, o relatório aponta a queda no preço dos equipamentos como um dos motivadores para os bons resultados da Alemanha. Segundo a publicação, os custos para a produção renovável foram reduzidos em até 50% durante os últimos cinco anos.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade