Guia Gessulli
AveSui Biocombustível Bioenergia Biomassa América Latina Comentário B&B Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Geral Insumos Meio Ambiente Pesquisa e Desenvolvimento Sustentabilidade Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Austrália

Acordo de US$ 851 milhões é assinado para reduzir as emissões de carbono na Austrália

"Este acordo vai reduzir as contas de luz para os sul-australianos e criar empregos na indústria de energias renováveis ??de rápido crescimento", relata Marshall.

Redação com informações de Reuters
19-Abr-2021 15:23 - Atualizado em 22/04/2021 11:22

O governo federal da Austrália e o estado da Austrália do Sul assinaram um acordo de A $ 1,1 bilhão ($ 851 milhões) para financiar medidas destinadas a tornar a energia mais acessível e ajudar a reduzir as emissões de carbono.

A Austrália disse em dezembro que poderia superar sua meta de redução das emissões de carbono do acordo climático de Paris até 2030, sem contar os créditos de superação de suas metas em pactos climáticos anteriores, marcando uma mudança na política para um dos maiores emissores per capita do mundo.

Pelo acordo, a Austrália do Sul fornecerá A $ 422 milhões e o governo federal gastará A $ 660 milhões, dos quais A $ 400 milhões serão gastos em "áreas prioritárias", como armazenamento de carbono, veículos elétricos, hidrogênio e outros projetos que visam reduzir as emissões .

"Famílias e empresas precisam de energia acessível e confiável. Isso é o que reduz os preços e cria empregos", disse o primeiro-ministro Scott Morrison durante uma entrevista coletiva durante o anúncio do acordo.

"Os australianos também querem garantir que estamos fazendo tudo o que podemos com responsabilidade para combater as mudanças climáticas."

O primeiro-ministro da Austrália do Sul, Steven Marshall, disse que o negócio também ajudará a fornecer a infraestrutura necessária para carros elétricos e a gerar novas receitas para os agricultores com as reduções de carbono.

"Este acordo vai reduzir as contas de luz para os sul-australianos e criar empregos na indústria de energias renováveis ??de rápido crescimento", disse Marshall.

Mas o acordo foi criticado por Mark Butler, que trabalhou como ministro das mudanças climáticas em um governo trabalhista anterior.

"O que obtemos são, pouco a pouco, pequenos anúncios em estados específicos, em vez de uma política nacional abrangente que sustentará a certeza do investidor para fazer a transição do futuro energético da Austrália", disse Butler, atualmente ministro sombra da saúde.

Assuntos do Momento

Paraná incentiva uso de energias renováveis em propriedades rurais
06 de Maio de 2021
Mercado

Paraná incentiva uso de energias renováveis em propriedades rurais

As vantagens estão despertando a atenção de produtores do Estado que investem na instalação de usinas fotovoltaicas em suas propriedades

Fontes renováveis de energia serão utilizadas para abastecer o Sistema de Iluminação Pública de SP
05 de Maio de 2021
Renováveis

Fontes renováveis de energia serão utilizadas para abastecer o Sistema de Iluminação Pública de SP

Através de parceria firmada na última semana, estado visa implementar projetos de eficiência energética

No Brasil, 30% da capacidade instalada operacional das fontes renováveis solar e eólica é representada por mercado livre
03 de Maio de 2021
Renováveis

No Brasil, 30% da capacidade instalada operacional das fontes renováveis solar e eólica é representada por mercado livre

O país possui, hoje em dia, aproximadamente 6,5 gigawatts (GW) de empreendimentos eólicos e fotovoltaicos no Ambiente de Contratação Livre, conforme pesquisa da Cela

Com baixos níveis dos reservatórios, menos cana na cogeração pode anular safra de preços
04 de Maio de 2021
Energia

Com baixos níveis dos reservatórios, menos cana na cogeração pode anular safra de preços

Energia elétrica gerada nas usinas e exportada para o sistema elétrico não terá ganho em volume por causa da safra menor

EDF Renewables inicia operação do complexo eólico que suprirá demanda da Braskem
05 de Maio de 2021
Eólica

EDF Renewables inicia operação do complexo eólico que suprirá demanda da Braskem

Empreendimento soma 344 MW de capacidade instalada e investimento total de mais de R$ 1,5 bilhão. Folha Larga Norte fornecerá energia renovável para Braskem por 20 anos, conforme contrato de compra de energia (PPA)

Curitiba está entre as regiões metropolitanas com maior potencial de geração de energia através do seu lixo urbano
06 de Maio de 2021
Energia

Curitiba está entre as regiões metropolitanas com maior potencial de geração de energia através do seu lixo urbano

Levantamento foi realizado no país pela Associação Brasileira de Recuperação Energética de Resíduos - ABREN

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade